Próximo adversário do Atlético, Juventude é time que está há mais tempo sem perder no Brasileirão

Perto de confirmar o título do Brasileirão, o Atlético volta a campo neste sábado (20), às 19h, no duelo com o Juventude, no Mineirão. Para ficar ainda mais perto de levantar a taça após um hiato de 50 anos, o Galo terá de encerrar a maior série de invencibilidade atualmente na Série A.

Assim como o Flamengo, o Juventude não perde há cinco jogos. O último revés do time gaúcho foi no duelo com o Grêmio, dia 17 de outubro. Nessa partida, o Alviverde ainda era comandado por Marquinhos Santos, hoje treinador do América.

Depois da derrota, Marquinhos foi demitido e substituído por Jair Ventura. O novo treinador empatou suas duas primeiras partidas no Juventude, contra Ceará e Bahia, ambas por 0 a 0. Na sequência, venceu o Internacional (2 a 1), a Chapecoense (2 a 0) e o Fluminense (1 a 0).

A sequência de resultados positivos deu um novo ânimo aos gaúchos na luta contra o rebaixamento para a Série B. A equipe é agora a 15ª colocada, com 39 pontos em 32 jogos.

Galo defende série de vitórias no Mineirão

Para superar o “Imbatível” Juventude de Jair Ventura, o Atlético conta com um grande trunfo: uma sequência de 13 vitórias como mandante no Campeonato Brasileiro.

Jogando no Mineirão, o time liderado por Cuca somou 89,58% dos pontos disputados. E neste sábado, contará mais uma vez com o estádio lotado. Os ingressos foram esgotados apenas duas horas após o início das vendas.

Se chegar ao 14º triunfo consecutivo no Gigante da Pampulha neste Brasileirão, o Galo poderá confirmar o título brasileiro na rodada seguinte.

Para isso, precisará vencer o Palmeiras, em São Paulo, na terça-feira (23), e torcer para que o Flamengo não vença o Internacional e o Grêmio, seus dois próximos adversários, ambos em Porto Alegre.

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.