Em busca de ataque ideal do América-MG, Marquinhos Santos já usou nove atletas em três jogos

Ademir, Zárate, Felipe Azevedo, Rodolfo, Fabrício Daniel, Geovane, Ribamar, Bruno Nazário e Marcelo Toscano já foram utilizados no setor ofensivo

O técnico Marquinhos Santos teve apenas três partidas no comando do América-MG – Santos, Fortaleza e Atlético-MG. E pelo que mostrou nas escalações que mandou a campo, o treinador ainda não achou a formação ofensiva ideal. Foram três escalações diferentes, e nove jogadores utilizados no setor, entre titulares e reservas.

Antes da chegada de Marquinhos, quando Vágner Mancini ainda era o comandante, o ataque americano era formado por Ademir, Zárate e Fabrício Daniel. Na ausência do argentino, Felipe Azevedo ganhava a posição.

Contra o Santos, na estreia de Marquinhos Santos, Fabrício Daniel perdeu a posição de titular para Rodolfo. Zárate, que estava voltando de lesão, começou no banco. O Coelho entrou em campo com Ademir, Rodolfo e Felipe Azevedo.

O argentino e o meia-atacante Geovane ganharam oportunidades ao longo da partida. Este último não era utilizado desde a 17ª rodada, contra o Bragantino. O Coelho venceu por 2 a 0, com gols de Ademir e Alê.

Na rodada seguinte, contra o Fortaleza, a formação inicial do ataque americano teve Ademir, Rodolfo e Zárate. Fabrício Daniel e Felipe Azevedo foram utilizados no setor ao longo da partida. Azevedo, inclusive, marcou o gol da vitória do Coelho, por 2 a 1, no Independência. Ademir havia marcado de pênalti o primeiro gol.

Na última rodada, contra o Atlético-MG mais mexidas no setor ofensivo. Marquinhos mandou a campo Ademir, Zárate e Felipe Azevedo, sem um centroavante na equipe. Ao longo do segundo tempo, Fabrício Daniel, Ribamar, Marcelo Toscano e Bruno Nazário ganharam oportunidades.

Nessas três partidas, o novo treinador usou nove atletas entre atacantes e meia-atacantes. Foi o único setor do time que Marquinhos vem fazendo alteração em relação às escalações do antecessor no comando técnico.

Para o jogo contra o Sport, na quarta-feira, o treinador não poderá contar com Fabrício Daniel e Bruno Nazário. Ambos levaram terceiro amarelo e estão suspenso. A tendência é que o trio Felipe Azevedo, Zárate e Ademir seja mantido.

Fonte:ge.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.