América-MG evita projetar pontuação final no Brasileiro, mas sonha com dupla conquista inédita

Coelho tem 38 pontos e, atualmente, está na zona de classificação para a Copa Sul-Americana

Restam oito jogos para o fim do Campeonato Brasileiro, e o América-MG tem pontuação próxima para garantir a permanência na Série A do Brasileiro e, quem sabe, garantir uma vaga na Copa Sul-Americana. Uma dupla conquista inédita para o clube.

Nem a derrota no clássico para o Atlético-MG abalou a equipe americana, que segue com 38 pontos e uma gordura considerável diante da briga contra o rebaixamento. Permanecer na elite seria inédito para o Coelho, que nunca conseguiu se firmar na Série A quando foi promovido.

Muito menos disputar uma competição sul-americana. A campanha de 2021 poderá se tornar histórica, se a conquista inédita acontecer.

– Claro que, ao perder clássico, você entra no vestiário abatido. Mas quando você recebe a mensagem do Salum, ver o comportamento do grupo, comprometido com o América, saindo insatisfeito, pode ter certeza que o América vai buscar o algo a mais na competição. Creio que o primeiro objetivo é a permanência. É histórico. E, aí sim, posteriormente, buscar uma Sul-Americana, que seria algo inédito na história do América – destacou o técnico Marquinhos Santos.

O treinador americano, entretanto, evitou projetar a pontuação necessária do Coelho até o fim do ano. Para ele, é necessário pensar jogo a jogo.

– A projeção é jogo a jogo. É buscarmos a maior pontuação possível. Estamos próximos de garantir a permanência na Série A. Mas a estratégia é jogo a jogo. Não tem como mensurar nenhum prognóstico de pontuação. Vamos nos preparar para cada jogo para conseguir a permanência e, posteriormente, uma vaga na Sul-Americana.

Fonte:ge.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.