Só um milagre? Probabilidade de acesso do Cruzeiro para a Série A cai para 0,18%

As chances de acesso do Cruzeiro para a Série A já eram pequenas e ficaram ainda menores. Depois da derrota para o CSA, por 2 a 1, de virada, nesse domingo (26), o departamento de matemática da UFMG indica que a probabilidade de a Raposa estar na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro em 2022 é agora de apenas 0,18%.

Com o revés no Independência, a distância do Cruzeiro para o G-4 se manteve em 13 pontos, já que o quarto colocado CRB perdeu para o Avaí. Embora essa desvantagem não tenha crescido, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo tem agora uma rodada a menos para se aproximar do grupo que subirá de divisão nacional.

Ainda de acordo com o departamento de matemática da UFMG, a chance de um time que somar 64 pontos subir para a Série A é superior a 98,8%. Essa será justamente a marca mínima do G-4 se o aproveitamento atual do quarto colocado se mantiver até o fim do campeonato.

Para atingir os 64 pontos, o Cruzeiro precisa vencer 11 dos 12 jogos restantes. Até aqui, em 26 rodadas, a Raposa tem apenas seis vitórias.

Chance de queda sobe

Enquanto a probabilidade de acesso cruzeirense se aproxima de zero, a chance de a Raposa cair para a Série C cresce para 12,9%, segundo a UFMG.

Com a derrota para o CSA, a distância para a zona de rebaixamento ficou em quatro pontos, considerando o Londrina como o 17º colocado.

É válido lembrar que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou e puniu, na última sexta-feira (24), o Brusque por discriminação racial contra o atleta Celsinho, do Londrina. O clube catarinense perdeu três pontos e, assim, cairia de 29 para 26 na classificação da Série B. Contudo, ainda cabe recurso.

Na próxima rodada, os comandados por Luxemburgo encaram o sexto colocado Guarani. As equipes se enfrentam na quarta-feira, às 19h, em Campinas.

 

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.