Marcelo Moreno destaca união e ‘sacrifício’ dos jogadores do Cruzeiro na Série B

Embora as polêmicas envolvendo a arbitragem no empate com o Operário-PR, na última quinta-feira (16), ainda reverberem na Toca da Raposa, os jogadores do Cruzeiro tentam deixar as lamentações no passado para focar no próximo duelo do time, o clássico contra o Vasco, neste domingo (19), às 16h, em São Januário, pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

É o que enfatiza o atacante Marcelo Moreno, artilheiro da equipe celeste na Segunda Divisão, com cinco gols. O jogador boliviano ressalta o compromisso dos comandados de Vanderlei Luxemburgo de ir em busca de um triunfo em cima do Gigante da Colina, para subir na classificação.

“A gente não tem tempo para nada. Futebol brasileiro é isso. Temos que nos sacrificar em todos os jogos. Há um desgaste muito grande. Mas tentamos nos manter 100% fisicamente, que é o mais importante. Quem se mantiver em alto nível até o fim do campeonato, vai pontuar mais e ter o melhor desempenho”, afirma o flecheiro azul.

Ele destaca ainda que o Cruzeiro precisa manter a pegada dos últimos confrontos para se dar bem diante do Vasco. “Será um duelo de superação, com todo mundo se doando novamente. Está havendo uma entrega total de todo o grupo. Este compromisso é muito importante”, diz.

Invicta há 11 partidas, sendo quatro vitórias e sete empates, a Raposa ainda está longe do G-4: o time tem 30 pontos, 11 a menos que o CRB, quarto colocado. Mesmo assim, Moreno acredita no acesso.

“O compromisso que todos estão tendo com o clube é incrível. Quando fazemos os gols, você nota a união e o companheirismo. Precisamos ganhar, obviamente. Jogar com pressão muitas vezes é ruim. Mas entendemos o momento e a situação. Cada partida é uma final. E vamos continuar nessa pegada, estamos no caminho certo”, comenta.

 

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.