Invicto e com 66,67% de aproveitamento na Série B, Luxa confia no acesso: ‘vamos devagarinho’

Em oito jogos disputados sob o comando de Vanderlei Luxemburgo na Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro obteve 66,67% de aproveitamento, está invicto (quatro vitórias e quatro empates) e esbanja uma defesa sólida (apenas cinco gols sofridos, ou seja, média de 0,6 por partida).

Mesmo assim, o treinador acredita que o time tem muito a evoluir se quiser brigar pelo acesso à Primeira Divisão. E não apenas nos aspectos físico, técnico e tático.

“Cobrei agora (dos atletas), ao término do jogo (contra a Ponte Preta). Ganhamos a partida, porém, perdemos algumas divididas. A Segunda Divisão é um jogo mais bruto, sem violência, mas é mais bruto. É chegar primeiro, com pé de gancho, pé firme. E na hora que der para jogar, tem que jogar”, destacou Luxa.

A equipe celeste chegou a dez confrontos seguidos sem perder, sendo oito sob a tutela do Professor. Com ele no comando, a Raposa superou Brusque (2 x 1), Náutico (1 x 0), Confiança (1 x 0) e Ponte Preta (1 x 0) e empatou com Vitória (2 x 2), Sampaio Corrêa (1 x 1), CRB (0 x 0) e Goiás (1 x 1).

Apesar dessa recente campanha positiva, a equipe continua longe do G-4. Ao término da 23ª rodada, 11 pontos separam os celestes (29 pontos, em 13° lugar) do quarto colocado, o CRB (40 pontos). Nada que tire o otimismo de Luxemburgo.

“As pessoas estão um pouco céticas, dizendo que o Cruzeiro está fora. Mas nós vamos devagarinho. Matematicamente temos toda a condição de chegar. Alguns adversários estão com vantagem sobre nós. Se fizerem a pontuação necessária para atingir a Primeira Divisão, e a gente não conseguir chegar próximo, é porque alguma coisa ficou faltando. Mas temos que acreditar que podemos chegar”, comentou.

O próximo desafio da Raposa será nesta quinta-feira (16), às 19h, diante do Operário-PR, na Arena do Jacaré.

 

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.