Próximos dois jogos no Horto e o estigma do Cruzeiro de não se impor como mandante

Perto do fim do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro mantém o estigma da temporada passada de não conseguir se impor como mandante na competição. No entanto, a Raposa terá a oportunidade de começar a mudar essa situação nas duas próximas rodadas, quando enfrentará Vitória e Sampaio Corrêa, em sequência, em Belo Horizonte.

Inicialmente, o jogo diante do rubro-negro baiano estava marcado para o Mineirão, mas a assessoria do Gigante da Pampulha informou que está sendo feito um processo de recuperação do gramado do estádio. Por conta disso, o duelo foi transferido para o Horto.

Atualmente, o Cruzeiro é o segundo pior mandante do campeonato; apenas o Londrina é inferior nesse sentido. Foram sete jogos em casa, nos quais a equipe celeste venceu apenas um – ante o Vasco, há um mês e meio, no dia 24 de junho – empatou quatro e perdeu dois.

Com 16 pontos na tabela, mais da metade da pontuação foi conquistada como visitante, com duas vitórias, três empates e quatro derrotas. Nesse quesito, a Raposa tem a 12ª melhor campanha.

No ano passado, o Cruzeiro conquistou apenas seis vitórias nos 19 jogos que fez em casa – sendo 14 no Mineirão e cinco no Independência. O time estrelado empatou outras sete vezes e perdeu seis. Os triunfos em casa ocorreram sobre Botafogo-SP, Vitória, Ponte Preta, Paraná, Brasil de Pelotas e Operário.

O próximo desafio do Cruzeiro, em casa, é contra o Vitória, na quarta-feira (11), às 19h. Na sequência, a equipe celeste recebe o Sampaio Corrêa, no sábado (14), às 16h30, no Independência. A Raposa encerra o primeiro turno fora de casa, contra o Náutico, no dia 17, às 19h.

 

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.