Mancini explica liberação de Zé Vitor para sub-20 do América-MG e adota cautela para estreia de Berrío

Zagueiro foi titular nos três últimos jogos, mas ficou fora dos relacionados contra o Atlético-GO; atacante será registrado nesta semana, após abertura da janela internacional

Para o jogo contra o Atlético-GO, uma das novidades de Vagner Mancini foi o abandono do esquema com três zagueiros. Com isso, Zé Vitor não foi sequer relacionado para a partida. O garoto, titular nos três jogos anteriores, foi liberado para duelar com o Dragão, mas pelo Brasileiro sub-20.

Depois da partida, o treinador foi questionado sobre o assunto e disse que a liberação ocorreu apenas por opção. Segundo Mancini, Zé aproveitou as oportunidades que teve, apresentando queda apenas no último jogo, contra o Grêmio. O zagueiro segue fazendo parte do grupo principal americano.

– Opção do treinador. Assim como eu fui lá e peguei o Zé Vitor, que ninguém falava, e coloquei para jogar, eu também tirei no momento em que eu achei que o peso estava sendo grande para o atleta.

“O fato de ele jogar para o sub-20 é porque ele é um atleta do sub-20, que teve uma excelente oportunidade no profissional, foi bem, teve uma queda no terceiro jogo, mas é uma opção. Ele está integrado ao elenco de profissionais. (…) Todos os jogadores vão entrar e sair da equipe” (Mancini)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.