Diretor não promete reforços, cita delicada situação financeira do Galo e indica venda de jogadores

O Atlético não deve fazer grande movimentações no mercado de transferências a curto prazo. Segundo o diretor de futebol do Galo, Rodrigo Caetano, o clube vive situação financeira delicada, e a tendência é de que negocie jogadores para reforçar o caixa.

Em entrevista coletiva na Cidade do Galo, nesta terça-feira (29), o dirigente comentou sobre a possibilidade de buscar novas peças para o plantel, em meio ao momento em que o time sofre com muitos desfalques por convocações, Covid-19 e lesões.

“Em relação aos reforços, eu vou repetir algo que talvez ninguém goste de ouvir. O elenco do Galo foi montado ao longo de 2020 e 2021. A pandemia não acabou, as receitas do clube não retornaram. Pelo contrário. Elas tendem a diminuir ainda mais, porque muitas delas entraram no primeiro semestre de 2021 por conta ainda de 2020, como premiação do Brasileirão do ano passado, e assim por diante”, disse Caetano.

O diretor deu detalhes da realidade econômica do clube.

“Eu adoraria seguir contratando. Gostaria muito de seguir fortalecendo o elenco, mas a realidade do Galo não é essa. Vocês podem ter certeza de que eu não vou passar aqui para onerar mais ainda o clube, na situação delicadíssima que estamos. Se nós pudermos fortalecer o elenco com a devida responsabilidade e aprovação do nosso órgão colegiado – que fique claro que só é possível termos esse elenco com o apoio dos 4 R’s (Rubens Menin, Rafael Menin, Ricardo Guimarães e Renato Salvador), do presidente Sérgio Coelho, do nosso vice murilo Procópio. Se não, esse elenco reconhecido por todos, que certamente não é o melhor, mas é muito forte, foi por conta desse apoio”.

Rodrigo condicionou a contratação de reforços com a possível saída de jogadores.

“Cabe a nós trabalharmos com responsabilidade, sabedores de que teremos que realizar negociações de vendas de atletas, como todos os demais clubes. Se, porventura, tivermos a perda de alguém, é nosso trabalho tentar a reposição. Mas não vou ficar aqui prometendo contratação em um momento financeiro bastante delicado que o clube atravessa”.

Saída de jogadores

Ainda sobre possíveis baixas no elenco, Rodrigo Caetano também afirmou que tais vendas estão nos planos do clube, e que a prioridade tem sido honrar o compromissos firmados na contratação de peças do grupo atual.

“Muito se fala e pouco se formaliza (propostas pelos jogadores). Não tivemos. Sou muito cobrado para realizarmos vendas. Esse elenco foi montado, mas os atletas adquiridos ano passado não estão todos quitados. Vários estão sendo pagos em 2021. E serão em 2022. Alguns jogadores estavam fora deste elenco e tinham vínculo com o clube, e acabamos rentabilizando para, justamente, talvez, diminuir essa necessidade de desfazer um ou dois do elenco principal. Muito mais que contratar, é não perder atletas. Receitas caíram demais. Temos compromissos a serem cumpridos. Até o presente momento, não negamos nenhuma porque não tivemos nenhuma”

Mau momento no Brasileiro

Por fim, o diretor de futebol reconheceu o momento ruim do time no Brasileiro – apenas um ponto foi somado nos últimos nove disputados -, mas destacou o peso dos desfalques nos últimos jogos.

“A intenção de vir aqui é vir falar um pouco para vocês (imprensa) e, principalmente, para o nosso torcedor. Obviamente, ninguém aqui está satisfeito com as duas derrotas seguidas na competição. Competição esta que entramos para vencer. Mas não dá para isolarmos os fatos que têm acontecido nesse elenco. Tivemos quase 14 ausências no mesmo período. Se temos um elenco de 33 atletas, estamos falando próximo de 45% que não estiveram à disposição do Cuca. É muita coisa”.

Na oitava colocação, com dez pontos, o Atlético busca a reabilitação no Brasileirão diante do Atlético-GO, nesta quinta-feira (1º), às 19h, no Mineirão, pela oitava rodada da competição.

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.