Em seis jogos, Cruzeiro supera número de expulsões de toda a Série B da temporada passada

O alto número de cartões vermelhos vem sendo um dificultador para o Cruzeiro neste início de Série B do Campeonato Brasileiro.

Nas seis rodadas do torneio disputadas, a Raposa teve seis jogadores expulsos. O último deles foi o zagueiro Paulo, advertido ainda no primeiro tempo da vitória por 2 a 1 sobre o Vasco, nessa quinta-feira (24), no Mineirão.

A quantidade já é superior à que a Raposa somou em toda a disputa da Série B da temporada passada. Na ocasião, o time celeste recebeu quatro cartões vermelhos ao longo das 38 rodadas.

Na atual edição do Brasileiro, antes de Paulo, já haviam sido expulsos o goleiro Fábio e o volante Adriano contra o Confiança-SE, o volante Jadson (no banco de reservas) contra o Goiás, e o zagueiro Weverton, diante do Operário-PR.

Injusta

Após o triunfo sobre o Vasco, o técnico Mozart disse que não concordou com a expulsão do zagueiro celeste, que foi advertido junto com o meio-campista cruzamaltino, Bruno Gomes, após um desentendimento entre os dois, nos minutos finais do primeiro tempo.

O comandante do time estrelado também citou a pressão que o elenco está submetido nas últimas semanas, como uma das explicações para o alto número de cartões.

“Eu acho que a expulsão foi injusta. O Paulo estava próximo a mim. Nós vamos encontrar o ponto de equilíbrio na questão psicológica com as vitórias. E essa carga emocional atrapalha em alguns momentos. Mas acredito que com os resultados positivos, ela (carga emocional) vai voltar a uma normalidade”, disse o treinador.

Sem Paulo, mas com a volta de Weverton, a Raposa se preparara para o duelo com o CSA, neste domingo, às 20h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela sétima rodada da Série B.

 

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.