Atlético encara Ceará contra ‘trauma nordestino’ e por retorno ao G-4 da Série A do Brasileirão

Uma marca do Atlético na Série A de 2020 foi justamente perder pontos para as quatro equipes do Nordeste que participaram da competição. A edição de 2021 começou com este enredo para o Galo, que tem nesta quinta-feira, diante do Ceará, às 19h, no Castelão, em Fortaleza, o desafio de começar a mudar esta história.
No ano passado, a equipe comandada por Jorge Sampaoli, nos oito jogos contra Bahia, Sport, Fortaleza e Ceará, conquistou 12 dos 24 pontos disputados, aproveitamento de 50%, inferior ao que o time teve na competição, que foi de 59%.

No Castelão, local da partida desta quinta-feira, apenas um ponto foi conquistado nos seis disputados, num empate por 2 a 2 justamente com o Ceará.
No Brasileirão deste ano, o Atlético já iniciou a sua trajetória sendo derrotado pelo Fortaleza, por 2 a 1, de virada, em pleno Mineirão.

Na outra competição nacional, a Copa do Brasil, o rival atleticano nas oitavas de final será o Bahia.

É urgente para o time de Cuca acabar com este “trauma” nordestino. E pelo empate por 1 a 1 com a Chapecoense, na última rodada, no Gigante da Pampulha, resultado que tirou o Galo do G-4 do Brasileirão, é importante que essa virada já comece nesta quinta-feira.

Desfalques

O empate por 2 a 2 entre Ceará e Atlético, no ano passado, no Castelão, teve para o Galo a mesma marca do confronto desta quinta-feira: o grande número de desfalques.

O clube enfrentava um surto ainda maior da Covid-19, que tira da partida desta quinta-feira o zagueiro Igor Rabello, os meias Nathan, Nacho Fernández e Dylan Borrero e os atacantes Marrony e Eduardo Sasha.

Além deles, o zagueiro Junior Alonso (Paraguai), o volante Alan Franco (Equador), e os atacantes Savarino (Venezuela) e Eduardo Vargas (Chile), estão defendendo suas respectivas seleções na Copa América.

Assim, Cuca deve manter o time que iniciou o empate por 1 a 1 com a Chapecoense.

A FICHA DO JOGO

CEARÁ
Vinicius; Gabriel Dias, Messias, Gabriel Lacerda, Bruno Pacheco; Marlon, Fernando Sobral, Lima, Mendoza, Jorginho (Vina); Saulo Mineiro.

Técnico: Guto Ferreira

ATLÉTICO
Everson; Guga, Rever, Gabriel, Arana; Allan Tche Tche, Jair, Hyoran; Keno e Hulk.
Técnico: Cuca

DATA: 24 de junho de 2021 (quinta-feira)
HORÁRIO: 19h
LOCAL: Castelão
CIDADE: Fortaleza (CE)
MOTIVO: 6ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Leandro Pedro Vuadem, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Calza, todos do Rio Grande do Sul
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
TRANSMISSÃO: Premiere

 

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.