Com gol de Bruno José, Cruzeiro obtém vitória magra sobre a Juazeirense no Mineirão

Foi pouco? Sim! E ficou devendo futebol novamente. Porém, o Cruzeiro cumpriu seu objetivo principal nesta quinta-feira (3), no Mineirão, que era o de vencer a Juazeirense, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Com gol de Bruno José, aos 18 minutos do segundo tempo, a Raposa levou a melhor por 1 a 0.

De negativo, a falta de produtividade e eficiência ofensiva da equipe. E olha que Felipe Conceição bem que tentou montar um ataque agressivo diante do time baiano, com quatro atletas do setor entre os titulares: além do autor do gol, foram escalados Rafael Sóbis, Bissoli e Airton. Só que esse quadrado não deu liga, e apenas um gol foi computado.

Pesa também o fato de que o Cruzeiro está duas divisões acima da Juazeirense, um dos clubes que participará da Série D do Brasileiro deste ano. Situação que, no entanto, não fez tanta diferença, uma vez que os baianos conseguiram neutralizar a Raposa em grande parte do confronto, apesar de terem sofrido um gol.

Com a vitória magra, os celestes jogam por, no mínimo, um empate no duelo de volta, na próxima quarta-feira (9), às 19h, no estádio Adauto Moraes, para avançar às oitavas de final.

Antes disso, o time comandado por Felipe Conceição busca seu primeiro resultado positivo na Segunda Divisão, no domingo (6), às 18h15, diante do CRB, no Gigante da Pampulha.

A esperança da torcida celeste é que a tal evolução que o treinador tanto destaca apareça dentro de campo. Porque, verdade seja dita, o Cruzeiro 2021, raras as ocasiões, ainda vive de lampejos de alguns atletas.

A FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1
Fábio; Cáceres (Klebinho), Weverton, Ramon e Matheus Pereira (Kaiki); Matheus Neris e Rômulo (Matheus Barbosa); Bruno José (Stênio), Airton e Rafael Sóbis (Felipe Augusto); Bissoli. Técnico: Felipe Conceição

JUAZEIRENSE 0 
Rodrigo Calaça; Guilherme Lucena, Mineiro, Eduardo e Daniel (Ian); Waguinho, Sapé (Waldir), Patrik e Clebson (Kanu); Kesley (Thauan) e Tony Galego (Rivas). Técnico: Cláudio Rabello

DATA: 3 de junho de 2021 (quinta-feira)
ESTÁDIO: Mineirão
CIDADE: Belo Horizonte (MG)
MOTIVO: Jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil
ARBITRAGEM: Alisson Sidnei Furtado, auxiliado por Fábio Pereira e Natal da Silva Ramos Junior, todos de Tocantins
CARTÕES AMARELOS: Rômulo, Matheus Pereira e Stênio (Cruzeiro); Patrik, Kesley, Eduardo, Tony Galego, Guilherme Lucena e Mineiro (Juazeirense)
GOL: Bruno José aos 18 minutos do segundo tempo

 

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.