Com segundo tempo ruim, Atlético toma virada do Fortaleza no Mineirão e estreia mal no Brasileiro

O Atlético estreou mal no Campeonato Brasileiro. Jogando no Mineirão, o Galo perdeu por 2 a 1 para o Fortaleza, de virada, na manhã deste domingo (30).

A equipe alvinegra abriu o placar com Hulk, de pênalti, no primeiro tempo, e o Fortaleza virou com dois gols de Yago Pikachu, na segunda etapa.

O resultado encerra uma invencibilidade de 12 jogos do Galo na temporada

Na próxima rodada, os comandados do técnico Cuca vão buscar a reabilitação diante do Sport, no próximo domingo, às 20h30, na Ilha do Retiro.

Antes, encara o Remo, na próxima quarta, às 19h, no estádio Baenão, em Belém, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

O Fortaleza, por sua vez, recebe o Internacional, no próximo domingo, às 16h, no estádio Castelão, pela segunda rodada do Brasileirão.,

Queda no segundo tempo 

Mesmo com o calor, o Atlético, como esperado, tomou a iniciativa das ações ofensivas da partida.

Entretanto, apesar da maior posse de bola, o Galo tinha dificuldades para penetrar na bem armada defesa do Fortaleza.

Aos 37 minutos, Hulk, melhor figura do Alvinegro no duelo, invadiu a área foi derrubado pelo zagueiro Tite. Mesmo com a reclamação do time visitante, o árbitro Caio Max Augusto Vieira marcou o pênalti, convertido pelo próprio Hulk.

No segundo tempo, a substituição que mudou o jogo. Com Yago Pikachu na vaga de Daniel Guedes, o Tricolor iniciou a segunda etapa muito melhor que os donos da casa, e o empate não demorou.

Após chances perdidas e um gol anulado, o Fortaleza empatou com Pikachu, aos 14 minutos.

Apático em campo, o Galo pouco ameaçou o rival na segunda etapa, com exceção de falta perigosa cobrada por Hulk, que exigiu boa defesa de Felipe Alves, e uma jogada individual de Vargas, travado no momento do chute, já na pequena área.

O castigo do Atlético e o prêmio para a ousadia do Fortaleza veio aos 48 minutos. Novamente com Yago Pikachu, que puxou contra-ataque pela direita, invadiu a área e bateu no ângulo do goleiro Everson.

A FICA DO JOGO

ATLÉTICO 1

Everson; Guga (Hyoran), Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Zaracho), Tchê Tchê e Nacho Fernández (Nathan); Savarino (Sávio), Hulk e Marrony (Vargas). Técnico: Cuca

FORTALEZA 2

Felipe Alves; Tinga, Marcelo Benevenuto, Titi e Daniel Guedes (Yago Pikachu); Ederson, Felipe (Matheus Jussa), Matheus Vargas e Lucas Crispim (Bruno Melo); Robson (David) e Wellington Paulista (Romarinho). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

DATA: 30 de maio de 2021

ESTÁDIO: Mineirão

CIDADE: Belo Horizonte

MOTIVO: 1ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

ARBITRAGEM: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Jean Márcio dos Santos e Lorival Cândido das Flores, todos do Rio Grande do Norte

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

CARTÕES AMARELOS: Igor Rabello e Allan (Atlético); Felipe Alves e Wellington Paulista (Fortaleza)

GOLS: Hulk, aos 39 minutos do primeiro tempo (Atlético); Yago Pikachu, aos 14 minutos, e aos 48 minutos do segundo tempo (Fortaleza)

Fonte: Hoje em Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.