Rival na estreia da Série B, Confiança-SE foi ‘pedra no sapato’ do Cruzeiro na temporada passada

O Cruzeiro está em contagem regressiva para a estreia no Campeonato Brasileiro da Série B. Há 12 dias em intertemporada na Toca da Raposa II, o time celeste vai debutar no torneio neste sábado (29), diante do Confiança-SE, às 16h30, no estádio Batistão, em Aracaju.

Também com foco total no Brasileiro, o time sergipano foi uma pedra no sapato da equipe estrelada na temporada passada.

Nos dois duelos pela Série B, o primeiro terminou empatado, em Aracaju, e o segundo foi vencido pelo Dragão, no Mineirão.

A partida no Batistão foi realizada no dia 23 de agosto de 2020, pela 5ª rodada do torneio. Na ocasião, a Raposa saiu na frente com um gol do paraguaio Raúl Cáceres, aos 25 minutos do primeiro tempo, mas viu Reis empatar o confronto, aos 44 minutos da etapa inicial.

Naquela altura da disputa, o Cruzeiro tinha um início promissor, conquistando três vitórias, um empate, e apenas uma derrota.

Então comandado pelo técnico Enderson Moreira, o time celeste conseguiu compensar rapidamente os seis pontos descontados antes mesmo do início do campeonato, relacionados à uma punição imposta pela FIFA.

Balde de água fria

Após muita oscilação, mudanças no comando técnico e no elenco, o Cruzeiro chegou para o confronto do segundo turno com o Confiança-SE, pela 24 rodada da competição, em alto astral.

Sob o comando de Felipão, a Raposa conseguiu se afastar da zona de rebaixamento, e voltar a sonhar com o acesso.

A vitória sobre a Chapecoense, então líder e invicta na competição até aquele momento, fora de casa, na rodada anterior, criou grande expectativa para o jogo contra o Dragão.

Entretanto, Guilherme Castilho e Renan Gorne marcaram ainda no primeiro tempo e deram um balde água fria no torcedor celeste.

O lateral Raúl Cáceres ainda diminuiu na segunda etapa, mas parou por aí. O Confiança segurou a vitória no Gigante da Pampulha, e encerrou uma invencibilidade de nove jogos da equipe estrelada.

A derrota no Mineirão foi a primeira do técnico Felipão em sua segunda passagem pela Raposa. Até então, Luiz Felipe Scolari havia obtido quatro vitórias e três empates no comando do time celeste até então.

No final da disputa, os dois times terminaram na parte intermediária da tabela. O Cruzeiro com 49 pontos, na 11ª colocação, e o Confiaça-SE, na 15ª, com 46 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você está sem internet no momento : - /