Provável reforço para 2021, Marcinho teve números superiores aos dos meias do Cruzeiro na Série B

Provável reforço do Cruzeiro para a próxima temporada, o meia Marcinho teve um desempenho superior aos jogadores da Raposa que atuaram no setor na última Série B.

Com a camisa do Sampaio Corrêa, o jogador marcou oito gols e deu cinco assistências, nos 37 jogos em que esteve em campo pelo Brasileiro. Os dados são do site Transfermakt.

Tais números são superiores aos apresentados pelos atletas mais utilizados pela Raposa no setor durante a competição.

O mais acionado deles foi Régis. Contratado por empréstimo junto ao Bahia, em abril do ano passado, o meio-campista chegou com a expectativa de ser o maestro da equipe celeste na Série B.

Entretanto, com grande oscilação durante a disputa, o jogador não conseguiu se firmar na equipe titular.

Sem ter o contrato de empréstimo renovado, Régis deixou o Cruzeiro antes mesmo do término do campeonato, somando dois gols e quatro assistências, em 27 jogos.

Giovanni Piccolomo

Contratado pelo Cruzeiro em setembro, Giovanni Piccolomo só foi oficializado como reforço da Raposa no final de outubro, após o clube celeste sanar uma punição da Fifa, que o impedia de registrar novos atletas.

Longe da forma física ideal, como destacou o então técnico Felipão, Piccolomo estreou apenas em dezembro.

Mesmo com muita disposição, e dando maior mobilidade a um time que vinha atuando com três volantes, Giovanni encerrou o campeonato sem conseguir marcar gols ou dar assistências nos dez jogos que atuou.

Aos 26 anos, o meio-campista tem contrato com o clube estrelado até dezembro de 2021.

Claudinho

Em meio a maior crise econômica de seus 100 anos de história, o Cruzeiro foi ao mercado e investiu, com a ajuda de parceiros, R$3 milhões para adquirir 70% dos direitos econômicos de Claudinho, junto a Ferroviária-SP.

Com a esperança de dar retorno técnico e financeiro ao clube, o jogador chegou à Toca da Raposa II em julho, com um contrato até 2025, mas também não conseguiu engrenar uma boa sequência de jogos.

Preterido pelos técnicos Enderson Moreira, Ney Franco e Felipão, Claudinho foi acionado em onze partidas do Brasileiro, e não marcou gols e nem contribuiu com assistências.

Apesar do rendimento aquém do esperado nos primeiros meses, a diretoria estrelada ainda confia que o atleta de 20 anos ainda possa apresentar um bom futebol com a camisa celeste.

Maurício

Titular do Cruzeiro durante a maior parte do primeiro turno da Série B, Maurício foi negociado com o Internacional no início de novembro de 2020, em uma transação que também envolveu a vinda do atacante William Pottker para a Raposa.

Entretanto, assim como os companheiros de posição no time celeste, o jovem de 19 anos também não teve bons números na competição.

Em 17 jogos pelo torneio, o meia-atacante marcou apenas um gol e não deu nenhuma assistência.

Livre no mercado, após o fim do contrato com o Sampaio Corrêa, Marcinho acerta os últimos detalhes com a Raposa para ser anunciado como reforço para a próxima temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você está sem internet no momento : - /