Rumo ao tri: América tenta coroar temporada histórica com o título da Série B do brasileiro

Setenta pontos – 35 alcançados em casa e 35 como visitante –, 63,1% de aproveitamento, segunda defesa menos vazada (22 gols sofridos, dois a mais que a Chapecoense), melhor campanha no returno (35 pontos, quatro a mais que o Operário-PR, segundo na estatística), acesso matematicamente garantido com quatro rodadas de antecedência… Que campanha, América! Digna de quem merece ser campeão. Mas falta um jogo para coroar uma temporada histórica. Nesta sexta-feira (29), às 21h30, o Alviverde vai atrás de um triunfo sobre o Avaí, no Independência, que seja o suficiente para erguer sua terceira taça de campeão da Série B do Brasileiro.

Nem mesmo as quatro rodadas seguidas sem vencer – quatro empates consecutivos, com Náutico, Botafogo-SP, Brasil de Pelotas e Confiança – foram capazes de tirar do Coelho a oportunidade de alcançar o tri da Segundona, após conquistar as edições de 1997 e 2017. Porém, a Chapecoense também está no páreo.

Com campanha similar a dos mineiros – cada um deles tem 70 pontos, 19 vitórias e 19 gols de saldo, mas o América aparece à frente, na liderança, por ter feito mais tentos: 41 a 39 –, a Chape recebe o Confiança, no mesmo horário, na Arena Condá.

Temporada positiva

Obter o título nesta sexta seria um prêmio e tanto a uma equipe que fez história na Copa do Brasil, ao chegar às semifinais, e espera voltar a comemorar um título, o primeiro desde 2017.

“Vamos estar preparados para qualquer tipo de situação. Temos que estar sempre evoluindo, somos profissionais e cobrados para isso. Estamos trabalhando há muito tempo juntos. Defesa, meio e ataque, um ajudando ao outro”, desta o volante Zé Ricardo, sobre a fórmula do sucesso do Coelho até aqui.

Atenção ao rival

Outro meio-campista, Alê atenta sua equipe contra um oponente que ainda alimenta chance de obter um lugar na próxima Série A. Em sexto lugar, o Avaí tem 55 pontos, três a menos que o quarto colocado, o Juventude – os dois possuem o mesmo número de vitórias: 16, cada. O CSA, em quinto, tem 57 e também está na briga pela última vaga. Já conseguiram o acesso América, Chapecoense e Cuiabá (terceiro colocado, com 61 pontos).

“Vamos pegar um Avaí que virá com faca nos dentes, com chance de subir à Série A. Deus nos premiou com a decisão da Série B. Duas equipes que brigam por duas coisas muito grandes; nós pelo título, e o Avaí, pelo acesso. A verdadeira final da Série B ficou com o América”, enfatiza Alê.

Últimos momentos

Como o técnico Lisca – de contrato renovado até dezembro de 2021 –ressaltou, num passado recente, o atual elenco americano deveria aproveitar os últimos momentos nesta Série B do Campeonato Brasileiro, já que alguns atletas poderiam sair ao fim da competição. E se for para deixaram o clube, que entrem para a galeria de campeões do Coelho.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA X AVAÍ
Motivo: 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Data: 29/1/2021 (sexta-feira)
Horário: 21h30
Estádio: Independência
Cidade: Belo Horizonte
Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza, auxiliado por Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Evandro de Melo Lima, todos paulistas
Transmissão: Premiere
AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Daniel Borges, Anderson, Messias e João Paulo (Sávio); Zé Ricardo, Juninho e Alê; Felipe Azevedo, Ademir e Rodolfo
Técnico: Lisca
AVAÍ
Gledson; Iury, Alemão, Betão e João Lucas; Ralf e Pedro Castro; Valdívia, Renatinho (Ronaldo) e Rômulo; Getúlio
Técnico: Claudinei Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você está sem internet no momento : - /