Colega nos treinos, Rabello prevê retorno de Tardelli em alto nível: “Qualidade absurda não se perde”

  • Thiago Maia 

Zagueiro pede paciência da torcida no processo de volta do atacante, que sofreu grave lesão no tornozelo, mas já está recuperado e treinando com os companheiros

Na última semana, Diego Tardelli foi liberado pelo departamento médico do Atlético-MG e iniciou treinamentos com bola, com o restante do grupo. Ainda é um processo de transição, já que o atacante se recuperou de uma lesão gravíssima no tornozelo direito e teve que ser submetido a cirurgia, mas o torcedor atleticano, claro, já vislumbra o retorno do camisa 9 aos jogos. E o atacante, além de moral com a torcida, está com a moral em alta com os companheiros.

Nesta segunda-feira, Igor Rabello foi o entrevistado na coletiva virtual promovida diariamente pelo Galo. Questionado sobre a volta do camisa 9 e o desempenho dele nos treinos, o zagueiro pediu calma, mas mostrou confiança na qualidade do companheiro, que pode ser útil para o time de Jorge Sampaoli na reta final do Brasileirão.

– Sem comentários pra falar do Tardelli. A gente já via antes ele se dedicando ao máximo nos tratamentos, o dia todo no CT, tratando todo dia. A gente foi vendo também aos poucos ele voltando, a transição. Ele está voltando pro grupo, mas ainda é uma transição, a massa tem que esperar um pouco, ter calma. Foi uma lesão complicada, mas ele está muito empenhado, com muita vontade. Já treinei com ele, depois da viagem (de São Paulo) a gente teve treinamento.

Foto:Web

 

O próximo compromisso do Atlético é neste sábado, contra o Coritiba, no Mineirão, às 17h (de Brasília), pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Caso Tardelli ainda não tenha condição, a volta pode acontecer no jogo seguinte, já que, em função do adiamento do duelo com o Santos (envolvido na disputa da Libertadores), o Galo, depois de pegar o Coxa, só volta a jogar no dia 11 de janeiro, contra o Bragantino, no interior paulista.

Rabello, inclusive, comentou os prós e contras deste período longo que o time terá sem jogos. Serão 16 dias entre o duelo com o Coritiba e o jogo contra o Massa Bruta.

– É um pouco complicado por não ter jogo, mas por outro lado é um período que a gente pode se preparar mais pra enfrentar uma equipe, o Sampaoli pensar no que ele quer na próxima partida. Até os próprios jogadores que estão jogando mais, pra recuperar, é importante, e também o preparo físico. Vamos ter um longo tempo de treinamento pra conversar, analisar, treinar bastante pra fazer o melhor pelo Galo.

Da redação:ge

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.