Cruzeiro deixará sede do Barro Preto por economia de R$ 2 milhões e alugará novo espaço

O Cruzeiro está de saída da sede administrativa do Barro Preto. Visando uma economia de R$ 2 milhões aos cofres do clube no próximo ano, a diretoria celeste pretende mudar o local da sede para um coworking da WeWork – empresa referência em escritórios compartilhados pelo mundo. A previsão é de que a mudança de local seja concluída até 1º de fevereiro de 2020, mas alguns setores já devem começar a funcionar, em breve, no novo local.

O contrato, que deve durar até o fim do mandato do presidente Sérgio Santos Rodrigues, será assinado nesta segunda-feira. A mudança de local da sede está ligada diretamente ao projeto que o Cruzeiro estuda para se tornar cube-empresa. Além da economia com a mudança, o Cruzeiro pretende, ainda, arrecadar cerca de R$ 2,4 milhões com o aluguel do atual prédio, que possui oito andares. O clube já tem dois interessados em alugar parte do espaço, pelo valor de R$ 200 mil mensais.

Em nota, o clube ressaltou:

“A mudança não implica em uma venda de patrimônio por parte do Cruzeiro, que terá em sua Sede Administrativa, avaliada em R$ 70 milhões, a oportunidade de geração de novas receitas com sua locação, dada a localização estratégica e a robustez do espaço.”

A We Work possui 860 sedes no mundo e o Cruzeiro poderá utilizar toda a estrutura dos escritórios em qualquer parte do planeta. Além disso, os gastos com água, luz e limpeza, por exemplo, serão por conta da empresa. A equipe de E- Sports ficará centralizada em um dos escritórios em São Paulo. Já o administrativo do clube ficará em um shopping da região leste de Belo Horizonte.

O Cruzeiro ocupará um andar inteiro da estrutura e entende que o novo local servirá para otimizar os processos de trabalho e ajudará a melhorar a comunicação entre os setores.

“Além do novo espaço físico, este será também um passo importante no conceito profissional do Cruzeiro, que deixará de funcionar de forma verticalizada e terá uma estrutura horizontal, tendo um mesmo ambiente sendo ocupado do presidente ao estagiário, melhorando fluxos, processos e colaborando para uma implementação assertiva da filosofia de trabalho do Clube. Atualmente, 180 colaboradores trabalham de forma direta e indireta na Sede Administrativa. Já o andar do Cruzeiro na WeWork possui espaço com otimização para até 240 pessoas.” – diz a nota.

Da redação:ge

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.