América visita Internacional e tenta abrir vantagem nas quartas de final da Copa do Brasil

Coelho busca dar sequência a campanha história na competição nacional

O América faz campanha histórica na Copa do Brasil. Pela primeira vez, o time chegou às quartas de final da competição. Mas o objetivo é ir além. Na noite desta quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre, o Coelho visita o Internacional no primeiro jogo do confronto e busca abrir vantagem para manter vivo o sonho de ficar entre os quatro melhores do torneio.

O time comandado por Lisca vem de uma classificação gigante. O América eliminou o tradicional Corinthians, com uma vitória fora de casa e um empate no Independência. Também ficaram pelo caminho do Coelho: Santos-AP, Operário-PR, Ferroviária-SP e Ponte Preta.

O adversário desta noite é duro para o América. Enquanto o Coelho é o vice-líder da Série B, o Internacional está em 1° na Série A. O desafio é grande, mas o time comandado por Lisca está pronto para dar um passo a mais na competição.

“É um clube que eu conheço muito bem, o estádio Beira-Rio eu conheço muito bem. Tive a felicidade, lembrando de 2017, quando a gente foi campeão do Campeonato Gaúcho, e a final foi contra o Internacional. Claro que há muitas mudanças de lá para cá, mas é uma escola que eu conheço bem, um estilo de jogo que é próprio do clube”, disse o goleiro Matheus Cavichioli, relembrando o título estadual conquistado pelo Novo Hamburgo.

Para o jogo, o técnico Lisca deve manter a base da equipe que vem atuando nas últimas partidas. A dúvida fica no meio-campo: Geovane e Alê brigam pela titularidade.

O primeiro vinha jogando nas últimas partidas. Geovane, inclusive, marcou o gol do América no empate com a Ponte Preta, no último sábado, no Independência, pela Série B. Já Alê, que foi titular em boa parte da temporada, recuperou-se recentemente de um edema na coxa esquerda e ainda não recuperou a posição na equipe.

Internacional

O Internacional tem mudança no comando para a partida contra o América. Eduardo Coudet deixou o clube para assinar com o Celta de Vigo, da Espanha e foi substituído por Abel Braga. A estreia já será no duelo decisivo desta quarta.

“Conversamos com analistas para analisar o América, tudo aquilo que já vi até agora, tudo aquilo que é virtude e aquilo que não está sendo bem feito. E ninguém discute trabalho (do Eduardo Coudet). Não vai mudar nada, nem a equipe muda. O Moledo está lesionado ainda. Vamos encarar, pois é um jogo fundamental pra nós”, disse o novo comandante.

Para a partida, o colorado tem uma grande incógnita: a presença do meia-atacante Thiago Galhardo, artilheiro do Campeonato Brasileiro e destaque do time na temporada. Ele ainda é dúvida para a partida.

AMÉRICA X INTERNACIONAL

INTERNACIONAL

Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick e Marcos Guilherme; Thiago Galhardo (Yuri Alberto) e Abel Hernández. Técnico: Abel Braga.

AMÉRICA

Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Geovane (Alê); Ademir, Rodolfo e Felipe Azevedo. Técnico: Lisca.

Motivo: jogo de ida  das quartas de final da Copa do Brasil

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Horário: 21h30

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Jean Márcio dos Santos e Vinicius Melo de Lima (RN)

VAR: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)

 

 

Superesportes

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.