Atlético atropela o Flamengo e assume a vice-liderança do Brasileiro

Centroavante quebrou jejum de cinco jogos, e venezuelano deu três assistências em vitória por 4 a 0 no Mineirão

Se o Atlético precisava de uma atuação convincente para espantar a má fase no Campeonato Brasileiro, nada melhor do que atropelar o atual campeão. Na noite desse domingo, no Mineirão, o Galo quebrou a série de quatro jogos sem vitória com goleada por 4 a 0 sobre o Flamengo, em duelo válido pela 20ª rodada da Série A. Eduardo Sasha, duas vezes, Keno e Matías Zaracho balançaram as redes no Gigante da Pampulha.

O nome do jogo foi Eduardo Sasha, autor de dois gols, um em cada tempo. Ele estava há cinco jogos sem balançar as redes. O atacante teve grande atuação justamente no momento em que o clube acertou a contratação de Eduardo Vargas, que será seu concorrente pela titularidade na equipe. Outro destaque da partida foi o venezuelano Jefferson Savarino, dono de três assistências para gols dos companheiros.

Com a vitória, o Atlético assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 35 pontos, mesmo número do Flamengo, que caiu para o terceiro lugar. O Internacional, que empatou em casa com o Coritiba, é o líder com 36. O Galo tem um jogo a menos que os adversários.

O Atlético volta a campo no próximo sábado, às 19h. O Galo visita o Corinthians, na Neo Química Arena. Já o Flamengo joga pela Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, contra o São Paulo.

O jogo

O técnico Jorge Sampaoli escalou uma equipe bastante modificada. Sem poder contar com o volante Jair e com o meia Nathan, ambos com problemas musculares, o treinador escalou a equipe com três zagueiros, uma linha com quatro no meio-campo e três atacantes.

E o Galo começou avassalador. Logo depois de levar um susto em finalização perigosa de Everton Ribeiro, o Atlético conseguiu balançar as redes rapidamente. E a válvula de escape foi o atacante venezuelano Jefferson Savarino. Aos 3’, ele recebeu pela direita, avançou em velocidade e cruzou rasteiro. Eduardo Sasha dividiu com o zagueiro Gustavo Henrique e tocou para o fundo das redes: 1 a 0.

Pouco depois, aos 7’, Savarino brilhou de novo. Ele recebeu pela direita e carregou a bola por dentro, pelo meio. Depois de passar por dois adversários, achou Keno na entrada da área pelo lado esquerdo. O artilheiro do Galo no Brasileiro dominou e ‘chapou’ a bola sem chances para Hugo: 2 a 0.

Depois do gol, o Galo recuou para atrair o Flamengo ao seu campo e sair em velocidade. A equipe, no entanto, não conseguiu espaços para ampliar o placar. O rubro-negro, dono da bola no primeiro tempo, tentou muitas investidas pelo lado esquerdo, com Bruno Henrique, mas a marcação alvinegra esteve bem acertada. A melhor chance do time visitante foi em cabeceio de Natan, que passou com perigo.

Os dois times voltaram da mesma forma para a etapa final. E o Galo tomou um grande susto logo no primeiro minuto. Após cruzamento de Filipe Luís, Pedro cabeceou para grande defesa de Everson. No rebote, Bruno Henrique, livre, acertou o travessão.

O Galo esperava o contra-ataque para matar o jogo. Mas foi de uma sobra após escanteio que a equipe chegou ao terceiro gol. Depois de bate-rebate, a bola ficou com Guilherme Arana pelo lado esquerdo. O lateral cruzou para Sasha, que antecipou os defensores e tocou entre as pernas de Hugo: 3 a 0. Sasha ainda teve oportunidade de marcar o quarto, em arrancada. Ele tentou tocar por cima do goleiro, mas a bola foi para fora.

Do outro lado do campo, Everson seguiu vencendo o duelo individual com Pedro. Em novo cabeceio fulminante do centroavante, o goleiro fez outra grande defesa.

O Atlético controlou o jogo até o fim. Jorge Desio fez substituições para descansar alguns titulares. Quem entrou, também fez bonito. Zaracho saiu do banco de reservas para receber lançamento de Savarino, marcar o quarto do Galo em finalização rasteira e fechar o placar no Mineirão: 4 a 0.

ATLÉTICO 4 X 0 FLAMENGO

Atlético

Everson; Igor Rabello, Réver (Gabriel, aos 40/2°T) e Junior Alonso; Guga (Matías Zaracho, aos 36/2°T), Allan (Dylan, aos 40/2°T), Alan Franco e Guilherme Arana; Savarino, Keno (Marrony, aos 36/2°T) e Eduardo Sasha (Bueno, aos 24/2°T). Técnico: Jorge Desio.

Flamengo

Hugo; Isla, Gustavo Henrique, Natan e Filipe Luís (Renê, aos 20/2°T); Willian Arão, Thiago Maia (Michael, aos 20/2°T), Gerson e Éverton Ribeiro (Lincoln, aos 32/2°T); Bruno Henrique e Pedro (Gabriel, aos 32/2°T). Técnico: Domènec Torrent.

 

Gols: Eduardo Sasha (3/1°T e 13/2°T); Keno (7/1°T); Matías Zaracho (37/2°T)

Cartões amarelos: Thiago Maia (24/1°T); Alan Franco (41/1°T); Everton Ribeiro (45/1°T); Guilherme Arana (48/1°T); Junior Alonso (38/2°T); Marrony (39/2°T); Isla (40/2°T); Dylan (47/2°T)

Motivo: 20ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estádio: Mineirão

Horário: 18h15

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)

 

 

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.