Atlético para na defesa do Sport, empata no Mineirão e pode se distanciar da liderança

Time alvinegro finalizou muito, mas não conseguiu retirar o zero do placar

O Atlético teve a bola, pressionou, finalizou mais de 20 vezes, mas não conseguiu furar o bloqueio defensivo do Sport na noite desse sábado, no Mineirão. Nas vezes em que superou as linhas de marcação adversárias, o time alvinegro parou em boas defesas do goleiro Luan Polli. No fim das contas, empate por 0 a 0, em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Atlético se mantém na terceira posição e chega a 32 pontos

Atlético e Sport terão mais de uma semana de descanso e preparação até o jogo da 19ª rodada. A partir das 16h do próximo domingo, o time pernambucano recebe o Athletico-PR, na Ilha do Retiro. No dia seguinte, às 17h, a bola rola no Allianz Parque para o duelo entre Galo e Palmeiras.

Estratégia do Sport funciona

Os prognósticos mais óbvios se confirmaram quando a bola rolou no Mineirão. Muito ofensivo, o Atlético ficou com a bola 75% do tempo e encurralou o Sport, que se fechou na própria área à espera de um contra-ataque.

O primeiro tempo acabou com 14 finalizações alvinegras contra nenhuma dos pernambucanos. O placar, porém, não se alterou.

Apesar de terem a bola, os donos da casa encontraram muitas dificuldades para furar as linhas defensivas adversárias e só chegaram com real perigo após os 40 minutos. Em sequência, Savarino, Jair, Réver e Keno transformaram o domínio territorial em boas finalizações, mas que não pararam no fundo das redes.

Defensivamente, o Sport se portou bem e contou com importantes intervenções do goleiro Luan Polli nas vezes em que foi exigido. O time pernambucano, porém, não conseguiu criar bons contragolpes.

Polli salva Sport 

Herói no fim do primeiro tempo, Luan Polli voltou a ser decisivo na retomada do jogo para os 45 minutos complementares. O goleiro fez duas grandes defesas – uma delas com o pé direito, em chute vindo da entrada da pequena área – e parou o ataque atleticano, que passou a se mostrar mais inspirado.

Aos 21 minutos, o técnico Jorge Sampaoli fez uma mudança dupla no Atlético: o estreante Matías Zaracho e Marrony entraram nas vagas de Franco e Sasha, respectivamente. O cenário do jogo pouco mudou, e o time alvinegro seguiu no campo de ataque. Aos 30′, a bola finalmente entrou – mas o lance foi invalidado por toque no braço de Nathan.

No fim das contas, a pressão do Atlético – que terminou o jogo com mais de 20 finalizações – não resultou em gol. Empate por 0 a 0 que mantém a irregularidade alvinegra e pode distanciar o time da liderança.

ATLÉTICO 0 X 0 SPORT 

Atlético

Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Alan Franco (Zaracho, aos 21′ do 2ºT) e Nathan; Savarino, Keno e Eduardo Sasha (Marrony, aos 21′ do 2ºT). Técnico: Jorge Sampaoli

Sport

Luan Polli; Patric, Adryelson, Rafael Thyere, Chico e Raul Prata (Júnior Tavares, aos 18′ do 2ºT); Márcio Araújo (Ronaldo Henrique, aos 18′ do 2ºT), Ricardinho (Marcos Serrato, aos 49′ do 2ºT), Lucas Mugni e Thiago Neves (Marquinhos, aos 28′ do 2ºT); Leandro Barcia. Técnico: Jair Ventura

 

Motivo: 18ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Data e horário: sábado 24 de outubro de 2020, às 21h (de Brasília)

Cartão amarelo: Jorge Sampaoli, aos 33′, e Keno, aos 41′ do 2ºT (ATL)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)

Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

VAR: Héber Roberto Lopes (SC)

 

 

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.