Queda de rendimento defensivo: último jogo do Atlético sem levar gol foi há mais de um mês

Alvinegro foi vazado nas últimas seis partidas do Campeonato Brasileiro

O Atlético tem o melhor ataque do Campeonato Brasileiro. A equipe de Jorge Sampaoli foi montada para ter a bola e atacar a todo instante. Mas, o sistema defensivo vem pagando o preço. O alvinegro foi vazado nas últimas seis partidas. O último jogo sem sofrer gols aconteceu há mais de um mês.

A partida foi contra o Coritiba. O Galo venceu por 1 a 0, gol de Eduardo Sasha, no dia 6 de setembro. De lá para cá, foram seis partidas e 11 gols sofridos: Santos (1 a 3), Bragantino (2 a 1), Atlético-GO (4 a 3), Grêmio (3 a 1), Vasco (4 a 1) e Fortaleza (1 a 2).

Contra o Fortaleza, o técnico Jorge Sampaoli culpou mais o ataque do que o sistema defensivo pelo resultado adverso. Para o treinador, faltou criatividade para o time conseguir quebrar a ‘retranca’ do time comandado por Rogério Ceni.

“Sem dúvida, nos faltou inteligência, nível, eliminar a zona defensiva, ter mais chances. A equipe levava até o terceiro quarto do campo, mas não podia consolidar o domínio em oportunidades. Isso fez com que a partida fosse fugindo da gente, com um desgaste que não tinha nenhum resultado”, disse.

Curiosamente, o único goleiro que não foi vazado na sequência de jogos é Rafael. Atualmente na reserva, ele foi expulso no duelo contra o Santos quando ainda estava 0 a 0. Victor entrou em campo e levou três gols. Nos outros cinco jogos, o time teve Everson como titular e foram oito gols sofridos.

Além do jogo contra o Coritiba, Rafael passou outros três jogos do Campeonato Brasileiro sem sofrer gols: Flamengo (1 a 0), Ceará (2 a 0) e São Paulo (3 a 0).

Obviamente, Everson não é o culpado pelos números defensivos. O time alvinegro joga com as linhas altas, laterais atacando espaços pelo meio e pressão na saída de bola dos adversários. Desta forma, existe espaço para que os rivais busquem o contra-ataque em velocidade. A maioria dos gols sofridos pelo atual titular foi jogadas em que o finalizador não teve marcação para concluir a jogada.

Everson segue com a confiança do técnico Jorge Sampaoli. O goleiro foi contratado a pedido do treinador, que acredita que sua qualidade para jogar com os pés é fundamental para o estilo de jogo do Atlético. O titular da meta alvinegra já deu uma assistência pelo clube.

 

 

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.