Sob pressão extrema, Cruzeiro recebe Sampaio Corrêa em confronto direto na Série B

Duelo está marcado para as 18h30 desta quinta-feira, no Mineirão

Depois de uma quarta-feira repleta de manifestações da torcida, o Cruzeiro entra em campo nesta quinta-feira, às 18h30, no Mineirão, para buscar, mais uma vez, a reabilitação na Série B do Campeonato Brasileiro. Sob pressão e assistindo cada vez mais de longe a disputa por uma briga no G4, o time de Ney Franco terá pela frente o Sampaio Corrêa em confronto direto na parte de baixo da tabela.

O clube celeste é o atual 17º colocado (11 pontos em 13 jogos disputados). Com três partidas a menos, o Sampaio Corrêa ocupa a 18ª posição, também com 11 pontos. Se vencer, a Raposa não avançará muito – ultrapassará apenas Figueirense e Botafogo-SP. Se for derrotada, no entanto, fechará a 14ª rodada da Série B em 18º lugar. Como tem mais vitórias (5 a 3), o time celeste se manteria na atual colocação em caso de empate.

A esperança do técnico Ney Franco é que o sistema ofensivo do Cruzeiro volte a funcionar no Mineirão. Para isso, ele repetirá o quarteto que participou da vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, na 12ª rodada. Depois de cumprir suspensão automática, Airton retorna ao time. Ele será escalado ao lado de Régis, Arthur Caíke e Sassá.

Mas é o setor defensivo que preocupa. Embora tenha o retorno de Cacá, que deverá iniciar o jogo no banco de reservas, Ney Franco não conta com o lateral-esquerdo Matheus Pereira. O jovem, de 19 anos, testou positivo para o coronavírus e entrou em isolamento. Ele será substituído por Giovanni, que esteve afastado do elenco por decisão técnica, mas retornou após pedido do treinador.

No banco de reservas, a novidade ficará por conta de Zé Eduardo. O atacante de 21 anos retornou de empréstimo ao América-RN e poderá ganhar uma oportunidade no decorrer da partida. Por outro lado, Ney Franco perdeu Caio Rosa, negociado por R$ 3,3 milhões com o Sharjah FC, dos Emirados Árabes Unidos.

Ciente da necessidade de vitória para amenizar a pressão, o lateral-direito Daniel Guedes ressaltou nesta semana a importância de somar três pontos “de qualquer jeito”. “Não querendo jogar esse peso para nós, a gente não pode entrar em campo assim, mas a gente precisa entender que o torcedor quer se sentir representado. E a gente tem a obrigação de representar o torcedor e fazer de tudo para conquistar os três pontos. Jogo extremamente importante. E vamos em busca dos três pontos de qualquer jeito”, garantiu.

Fábio, 900 jogos

Neste duelo decisivo, o goleiro Fábio, de 40 anos, atingirá a expressiva marca de 900 jogos com a camisa do Cruzeiro.

Sampaio Corrêa

Depois de vencer o CSA por 1 a 0 na última rodada, o time do técnico Leo Condé buscará a vitória em Belo Horizonte para tentar sair do Z4 da Série B. Desde que entrou na zona de rebaixamento, na segunda rodada, o Tubarão não conseguiu uma rodada sequer de respiro.

Sem nenhum desfalque, Condé poderá conseguir repetir os 11 iniciais pela primeira vez no torneio. Desta forma, a tendência é que o treinador opte pelo trio Gustavo Ramos, Pimentinha e Caio Dantas para o comando de ataque.

CRUZEIRO X SAMPAIO CORRÊA

Cruzeiro

Fábio; Daniel Guedes, Manoel, Ramon (Cacá) e Giovanni; Henrique e Filipe Machado; Airton, Régis e Arthur Caíke; Sassá. Técnico: Ney Franco

Sampaio Corrêa

Gustavo; Luís Gustavo, Joécio, Daniel Felipe e João Victor; André Luís, Vinícius Kiss e Marcinho; Gustavo Ramos, Pimentinha e Caio Dantas. Técnico: Leo Condé

 

Motivo: 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data e horário: 8 de outubro de 2020 (quinta-feira), às 18h30

Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior

Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Ricardo Bezerra Chianca

Acompanhe a partida pela Rádio Eldorado Am 1300

 

 

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.