Galo mira a liderança do Brasileiro e visita o embalado Atlético-GO

Time de Vagner Mancini vive sua melhor fase na competição; Atlético, por sua vez, quer jogar para escanteio as polêmicas da semana

Depois de tantas polêmicas, enfim, um jogo de futebol. A intensa e tumultuada semana do Atlético teve como protagonista a diretoria do clube, especialmente em negociações que agitaram os bastidores. Agora, os holofotes voltam para dentro de campo, com um compromisso fora de casa, neste sábado (19). O Galo vai visitar o embalado Atlético-GO, no Estádio Olímpico, às 21h.

Válido pela 11ª rodada do Brasileiro, o jogo pode levar o Atlético à liderança da competição. Para isso, o time de Jorge Sampaoli precisa vencer o Dragão e ainda contar com um tropeço do Internacional para o Fortaleza fora de casa. O duelo no Castelão vai começar às 19h e, por isso, o Atlético pode entrar em campo dependendo apenas de si para assumir o primeiro lugar, mesmo com um jogo a menos.

A missão do Atlético não vai ser fácil. Com três derrotas e duas vitórias fora de casa no Brasileiro, o Galo precisa melhorar seu rendimento longe de Belo Horizonte. Para isso, enfrenta o embalado Atlético-GO, que vive seu melhor momento na competição. A equipe de Vagner Mancini não perde há quatro jogos na Série A e subiu para a 12ª posição, agora com 12 pontos.

Baixas, retornos e dúvidas

Sem Thiago Neves e longe de Sebastian Villa, jogadores que surgiram no mercado do clube nesta semana e aqueceram os bastidores, Sampaoli terá retornos e dúvidas. Suspensos contra o Red Bull Bragantino, o goleiro Rafael e o volante Jair estão de volta. Uma das dúvidas é se o argentino vai manter Everson no gol ou retornar com Rafael. Quem estiver na meta do Atlético neste sábado pode ser a escolha definitiva do argentino.

Depois de atuar por 16 minutos contra o Bragantino, Nathan pode começar entre os titulares. O meia teve uma semana cheia de treinos para pegar ritmo e está recuperado da lesão na coxa esquerda. À beira de campo, Sampaoli também retorna após cumprir suspensão.

Do outro lado. Um dos responsáveis pelo bom momento do Atlético-GO é o atacante Renato Kayzer, que pertence ao Cruzeiro mas está na equipe goiana. O Athlético-PR está negociando o jogador com a Raposa, que já deu o aval, mas a negociação ainda não foi concretizada. O Cruzeiro chegou a acionar a CBF no caso pela liberação do jogador. Mancini, em coletiva nessa sexta, disse que conta com Kayzer.

Enquanto o Atlético passou a semana treinando na Cidade do Galo, o xará goiano visitou o Fluminense na quarta pela Copa do Brasil. Em relação ao duelo, o time tem os retornos do lateral-esquerdo Nicolas e do meia-atacante Éverton Felipe. O desfalque certo é do volante Marlon Freitas, que está com uma lesão no tendão do quadril.

ATLÉTICO-GO x ATLÉTICO

Motivo: 11ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 19 de setembro
Horário: 21h
Local: estádio Olímpico, em Goiânia (GO)

Arbitragem: Edina Alves Batista, auxiliada por Neuza Ines Back e Evandro de Melo Lima. Todos de São Paulo. VAR: Breno Vieira Souza (GO).

Atlético-GO: Jean; Dudu, João Victor, Éder e Nicolas; Edson, Oliveira e Chico; Janderson, Renato Kayzer e Gustavo Ferrareis.
Técnico: Vagner Mancini

Atlético: Everson (Rafael); Guga (Mariano), Réver, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Alan Franco e Nathan (Allan); Savarino, Keno e Eduardo Sasha.
Técnico: Jorge Sampaoli

Acompanhe a partida pela Rádio Eldorado Am 1300

 

 

SuperFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.