CSA x Cruzeiro: Raposa tenta confirmar recuperação na Série B sob o comando de Ney Franco

Adversário é o lanterna da segundona

Ney Franco teve toda uma semana sem jogos para intensificar treinamentos e trabalhar a metodologia de jogo que planeja para o Cruzeiro. Chegou a hora de colocar a prática e confirmar a recuperação no torneio. Na noite deste sábado, a Raposa volta ao estádio Rei Pelé, em Alagoas, dessa vez para enfrentar o CSA, às 21h, pela 10ª rodada do Brasileirão da Série B. O clube alagoano está atravessando aquela famosa fase ‘panela de pressão’, com a demissão de Argel Fuchs após 18 dias e apenas quatro partidas no comando.

Um adversário de lembrança trágica para os celestes, que no ano passado simbolizou um dos jogos que praticamente pavimentou a queda, uma amarga derrota por 1 a 0, no Mineirão, com Thiago Neves ainda desperdiçando um pênalti. O CSA hoje é o lanterna da Série B, com apenas quatro pontos conquistados. Foram seis derrotas em oito jogos. Uma boa oportunidade para os comandados de Ney Franco ingressarem no pelotão intermediário da segunda divisão e ensaiarem um ‘relacionamento sério’ com o G-4, o principal e único objetivo da Raposa nesta temporada. Atualmente, o time se apresenta com oito pontos e iniciou a 10ª rodada na 13ª posição.

E mesmo atuando fora de casa, a tendência é que o Cruzeiro proponha o jogo com muita intensidade. “A gente espera melhorar nosso desempenho contra o CSA. Ter uma equipe ofensiva, marcar pressão e vencer o jogo. Essa semana deu para trabalhar melhor e conhecer mais sobre o estilo de jogo do professor”, observou o meia Maurício.

Alterações na Raposa 

O técnico Ney Franco não poderá contar com dois jogadores importantes no elenco. O lateral-direito Raúl Cáceres, com uma lesão no joelho, e também Marcelo Moreno, suspenso. Os substitutos deverão ser dois jovens, Rafael Luiz para a lateral-direita, além de Thiago, no comando de ataque. Ney ainda pode utilizar na função de 9 os próprios Airton e Arthur Caíke, abrindo espaço para mais uma peça criativa ou ofensiva, como o meia Régis. Para a lateral, o comandante também levou Daniel Guedes a Maceió, jogador que será relacionado e pode fazer sua estreia pelo Cruzeiro.

Dificuldades no CSA 

O interino Adriano Rodrigues tem problemas para montar a equipe. Thiago Rodrigues, Norberto, Leandro Souza e Igor Fernandes estão em fase de transição no DM e são dúvidas. Uma baixa é certa. O time alagoano não vai contar com o zagueiro Luciano Castán, suspenso. O time vem de derrota para Cuiabá por 2 a 1, após um segundo tempo apático e que motivou a queda de Argel.

Estatísticas 

Juventude. Caso as escalações de Rafael Luiz e Thiago sejam confirmadas, a média de idade do Cruzeiro diante do CSA será de 24 anos.

Sem tomar gols. Contra o CSA, o Cruzeiro pode também melhorar seu desempenho ofensivo na Série B, e chegar ao terceiro jogo no torneio sem ser vazado.

Sem vencer. No ano passado, o Cruzeiro encontrou com o CSA duas vezes na Série A e não venceu nenhum dos confrontos. Empatou em Maceió e perdeu no Mineirão.

História do confronto 

Jogos: 9
Vitórias do Cruzeiro: 6
Empates: 1
Vitórias do CSA: 2
Gols do Cruzeiro: 15
Gols do CSA: 5

FICHA TÉCNICA

CSA X CRUZEIRO

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019
Horário: 21h
Local: estádio Rei Pelé, em Maceió, Alagoas
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (CBF-RJ)
Assistentes: Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá e Lilian da Silva Fernandes Bruno (CBF-RJ)

CSA 
Matheus Mendes; Diego Renan, Alan Costa, Cleberson e Rafinha; Márcio Araújo, Yago e Cedric; Rodrigo Pimpão, Pedro Júnior e Paulo Sérgio. Técnico: Adriano Rodrigues.

Cruzeiro 
Fábio; Rafael Luiz, Cacá, Léo e Matheus Pereira; Jean, Jadsom e Maurício (Régis); Airton, Arthur Caíke e Thiago. Técnico: Ney Franco.

Acompanhe a partida pela Rádio Eldorado Am 1300

 

 

SuperFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.