Presidente do Atlético descarta Villa após rejeição e diz que última palavra é dele

Sette Câmara não contratará jogador acusado de agressão à ex-namorada

O presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, descartou a contratação do atacante Sebastián Villa, do Boca Juniors. Pelo Twitter, o dirigente disse que comissão técnica e departamento de futebol têm independência para avaliar e indicar, mas a última palavra é dele.

“O Atlético do futuro precisa de pilares sólidos que estão além das quatro linhas. Comissão e departamento de futebol têm independência para avaliar e indicar, mas a palavra final é minha. Não vai vir também”.

Sette Câmara tomou a decisão de pôr fim ao interesse do Atlético por Villa em meio à onda de protestos de torcedores nas redes sociais logo após o clube admitir que havia avançado  nas conversas com o Boca. O jogador colombiano foi acusado de agredir física e verbalmente a ex-namorada, Daniela Cortés, que teria, inclusive, sofrido um aborto devido aos episódios de violência doméstica.

Perfis como o Galo Antifa, o Grupa Galo e a Torcida Resistência Alvinegra se manifestaram de maneira contrária à incorporação de Villa ao time. Assim, a aquisição do extremo de 24 anos, que chegou a ser dada como encaminhada após indicação do técnico Jorge Sampaoli, não ocorrerá mais.

Os alvinegros já haviam se revoltado contra o interesse do clube em fazer contrato de produtividade com o meia Thiago Neves, ex-Cruzeiro. Na segunda-feira, ele rescindiu com o Grêmio, pelo qual marcou apenas um gol em 14 partidas e recebeu críticas em razão das más atuações.

Também por pressão externa, a diretoria desistiu do negócio poucas horas depois de encaminhar o acordo. Enquanto jogador do Cruzeiro, Thiago Neves já se referiu ao Atlético como “time sofredor” e usou até mesmo o rompimento da barragem em Brumadinho, que matou mais de 250 pessoas em janeiro de 2019, para fazer piada com o clube.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, o diretor de futebol Alexandre Mattos pediu desculpas aos torcedores pelo transtorno causado na sondagem a Thiago. “(…) Se incomodou, peço humildemente desculpas. O assunto está encerrado, vamos olhar para frente e buscar o nosso objetivo juntos. Não adianta agora ficar fazendo aquilo, isso, passou e acabou. Não vai vir. Assunto encerrado, sacramentado”.

 

 

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.