Cruzeiro recebe Chapecoense no retorno ao Mineirão

Duelo entre mineiros e catarinenses está marcado para as 21h desta quinta

Depois de duas vitórias fora de casa (sobre Guarani e Figueirense), o Cruzeiro retorna ao Mineirão, onde recebe, nesta quinta-feira, às 21h, a Chapecoense, pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Se conseguir a quarta vitória consecutiva, a Raposa não só manterá os 100% de aproveitamento, como encostará no grupo dos quatro primeiros colocados.

Atualmente, o clube celeste tem três pontos e ocupa a 11ª colocação. Um triunfo em Belo Horizonte levaria o Cruzeiro à sexta posição, com seis pontos, mas saldo de gols superior a Botafogo-SP e Vitória.

Apesar dos triunfos sobre Botafogo-SP, Guarani e Figueirense nas três primeiras rodadas, o Cruzeiro só tem três pontos porque iniciou a Série B com -6 em função de uma punição da Fifa. O clube foi penalizado em função do débito com o Al Whada, dos Emirados Árabes, pela contratação do volante Denilson, em 2016.

Primeiro clube do G4, o CRB soma sete pontos, mesmo número do Juventude, o quinto colocado. A liderança da Série B é do Paraná Clube, que acumula 10 pontos neste início de competição (três vitórias e um empate).

Time

Dentro de campo, o Cruzeiro não deverá ter grandes surpresas, com o quarteto de ataque formado por Stênio, Régis, Maurício e Marcelo Moreno. A tendência é que o setor defensivo ganhe o reforço do lateral-esquerdo Giovanni, vetado pelo departamento médico na partida diante do Figueirense, em Florianópolis.

A principal novidade da Raposa, porém, estará no banco de reservas. Contratado para ser titular, o atacante Arthur Caíke treinou com o grupo ao longo da semana e será opção do técnico Enderson Moreira. O comandante admitiu utilizá-lo diante da Chape. O atacante Welinton, poupado da última partida por cansaço muscular, também volta a ficar à disposição.

Em entrevista aos canais oficiais do Cruzeiro, o zagueiro Leo, um dos líderes do elenco, projetou mais um jogo complicado na Série B. A Chapecoense é finalista do Campeonato Catarinense e tem atletas experientes.

“Cada jogo tem as suas dificuldades. A gente sabe que não são jogos fáceis, são jogos difíceis, contra equipes com jogadores que também já jogaram Série A, que têm experiência, intensidade. É um jogo mais brigado também”, avaliou o zagueiro do Cruzeiro.

Chapecoense

Os catarinenses entram em campo nesta quinta de olho na possibilidade de alcançar o G4 da Série B com um jogo a menos – a equipe iniciou a rodada na 10ª colocação, com 4 pontos. A Chape não enfrentou o CSA pela segunda rodada em função dos casos de coronavírus na equipe alagoana.

Um triunfo no Mineirão faria a Chape chegar a sete pontos e ultrapassar o CRB, quarto colocado, no saldo de gols.

Para a partida, o técnico Umberto Louzer terá o retorno do atacante Rone. Ele ficará como opção no banco de reservas. O jogador ainda não fez sua estreia na Segundona com a camisa do Verdão do Oeste.

Por outro lado, o meia Denner segue como desfalque da Chape para o duelo no Gigante da Pampulha. Ele se recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda e não foi relacionado para a partida.

CRUZEIRO X CHAPECOENSE

Cruzeiro

Fábio; Cáceres, Cacá, Leo e Giovanni; Ariel Cabral e Jadsom; Stênio, Regis e Maurício; Marcelo Moreno. Técnico: Enderson Moreira

Chapecoense

João Ricardo; Alan Ruschel, Luiz Otávio, Joílson, Matheus Ribeiro; Anderson Leite, Willian Oliveira, Foguinho; Aylon (Lucas Tocantins), Anselmo Ramon, Paulinho Moccelin. Técnico: Umberto Louzer

Motivo: 4ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data e horário: 20 de agosto de 2020 (quinta-feira), às 21h

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)

Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)

Acompanhe a partida pela Rádio Eldorado Am 1300

 

 

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.