Cruzeiro bate Figueirense e é o único 100% na Série B

Com a vitória em Santa Catarina, o Cruzeiro, que já tinha pago os seis pontos da Fifa, soma seus primeiros três pontos na competição; Maurício fez o gol do triunfo de 1 a 0

Terceira vitória em três jogos, conta paga com a Fifa e o Cruzeiro já aparece em nono lugar na Série B do Campeonato Brasileiro. Na caminhada de retorno à Série A, a Raposa segue mostrando seu poderio ao bater o Figueirense, nesse domingo (16), por 1 a 0, em Santa Catarina.

A equipe celeste já tinha derrotado Botafogo-SP e Guarani e se livrado da punição de seis pontos imposta pela entidade máxima do futebol pelo não pagamento da dívida do volante Denílson, uma das consequências das mazelas que jogaram o time para a Segunda Divisão.

Maurício fez o gol da vitória cruzeirense em Florianópolis, o quinto dele na temporada. O Cruzeiro agora tem três pontos na tabela, a dois do Vitória, o primeiro time do G-4. A equipe mineira é a única 100% no torneio. Na próxima quinta-feira (20), é a vez de receber a Chapecoense, no Mineirão.

A Raposa começou o jogo com duas mudanças com relação ao duelo contra o Guarani: Patrick Brey no lugar de Giovanni, na lateral, e Stênio, no meio, na vaga de Jean. Mesmo na casa alheia, a equipe celeste até que tomou a iniciativa no começo da partida, construindo boas descidas.

Mas, aos poucos, a equipe catarinense se impôs e criou mais chances de marcar na primeira etapa, com oito finalizações, nenhuma no rumo do gol. Mas o que vale é a bola na caixinha. Depois do “bololô” na área do Figueira, Maurício pegou a sobra e abriu o placar, aos 45 min.

Para a segunda etapa, o desafio era conter o ímpeto do Figueirense, que tinha dificuldades de criação, e se colocar nos contra-golpes para matar o jogo. Bem postado, Fábio acabou pouco exigido e o time celeste deixou Santa Catarina com a missão cumprida. O Figueira segue sem vencer no torneio, tem apenas um ponto e está na penúltima colocação.

Ficha técnica

Figueirense 0 x 1 Cruzeiro

Motivo: 3ª rodada da Série B
Estádio: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (CBF-GO)
Gol: Maurício (C)
Cartões amarelos: Brunetti e Patrick (F); Jadsom e Ariel Cabral (C)

Figueirense
Sidão; Lucas, Alemão, Pereira e Brunetti (Gabriel Lima); Patrick (Elyeser), Geovane, Marquinho, Everton Santos (Lucas Henrique), Keké (Arouca) e Diego Gonçalves. Técnico: Raul Cabral

Cruzeiro
Fábio; Raul Cáceres, Léo, Cacá (Marllon) e Patrick Brey; Jadsom (Machado), Ariel Cabral, Stênio (Thiago), Maurício (João Lucas), Régis (Claudinho) e Marcelo Moreno. Técnico: Enderson Moreira

 

 

SuperFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.