Galo consegue virada em 9 minutos e vence Corinthians no Brasileiro

Atlético chegou a uma derrota parcial por 2 a 0, mas virou no Mineirão

Nada como um tempo após o outro. O Atlético venceu o Corinthians por 3 a 2 na noite dessa quarta-feira (12), no Mineirão, com uma virada conquistada em nove minutos. O Galo largou atrás, mas conseguiu vencer a partida pela segunda rodada do Brasileirão, mantendo 100% de aproveitamento na competição.

Após a grande vitória no Mineirão, o time de Sampaoli vai receber o Ceará, no domingo (16), novamente no Mineirão, às 11h. Já o Corinthians, que fez sua estreia diante do Galo nessa quarta, vai visitar o Grêmio um dia antes, em Porto Alegre.

Domínio de um lado, eficiência do outro no primeiro tempo

O curioso caso do time que joga bem, mas os números do jogo não chegam ao placar. Esta frase resume bem o que foi o primeiro tempo de Atlético e Corinthians no Mineirão. O Galo construiu melhor suas jogadas, teve mais posse e mais ofensividade, mas o Corinthians foi eficiente nas subidas para largar na frente.

Pela primeira vez desde que chegou ao Galo, Sampaoli viu o adversário abrir o marcador. Até então, o Atlético tinha feito o primeiro gol de todos os seus jogos. Curiosamente, quem deixou o time do argentino com placar desfavorável foi quem outrora arrancou sorrisos da torcida do Galo: Jô, um velho conhecido, colocou o Corinthians com 1 a 0 logo aos 11 minutos.

O atacante comemorou o gol no Mineirão, segundo que marcou contra o ex-clube desde que deixou o Galo, em 2015. Decisivo com o gol após falha de marcação do lateral-direito Guga, o jogador do Corinthians ainda deu passe para Araos fazer 2 a 0, em triangulação que deixou a defesa do Galo paralisada.

O Atlético tinha a posse de bola e o domínio do jogo, mas o placar refletia a eficiência do desfalcado time de Tiago Nunes. O Corinthians já tinha algumas baixas por lesão e ainda teve a notícia de dois jogadores com coronavírus antes da partida. Gil, um dos prováveis titulares, e Leo Natel testaram positivo para o coronavírus.

Avassalador e virada no segundo tempo

Se faltou eficiência ao Atlético no primeiro tempo, as orientações de Sampaoli no intervalo não só melhoraram o time, como alteraram o placar que teimava em permanecer com vantagem do Corinthians. Em 16 minutos, o Atlético saiu de 2 a 0 para 3 a 2.

Para a etapa final, Sampaoli sacou um personagem do banco que acabou sendo responsável por iniciar essa reação. Hyoran começou jogando no segundo tempo com fome de gol. O prato cheio do meia foi construído com gols aos sete e aos 11 minutos.

O Atlético voltou avassalador para o segundo tempo, pressionando o Corinthians contra o seu campo. Com o meio tomado, o time chegou ao terceiro gol com Nathan, que minutos depois deixou o campo de maca após sentir um desconforto.

Frenético no ataque, o Atlético seguiu pressionando o Timão e chegou a fazer 4 a 2 com o zagueiro Rever, mas o gol foi anulado. Lá atrás, o defensor tirou uma bola quase na linha em finalização de Jô. O time de Sampaoli mostrou um bom poder de reação após ir para o intervalo com 2 a 0 para o Corinthians. Bom para os planos do argentino, que segue sem perder no comando do Galo.

Atlético 3×2 Corinthians

Motivo: segunda rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa), auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Thiago Rosa de Oliveira. O trio é do Rio de Janeiro. Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Atlético: Rafael; Guga, Réver, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Alan Franco (Savarino) e Nathan (Allan); Marquinhos (Hyoran), Keno (Fábio Santos) e Marrony.

Corinthians: Cássio; Michel, Bruno Méndez, Danielo Avelar e Sidcley; Gabriel, Ederson (Gabriel Pereira), Araos (Ruan) e Ramiro (Janderson; Vital (Cantillo) e Jô.

Gols: Jô (11′ 1T), Araos (29′ 1T), Hyoran (7′ 2T) (11′ 2T), Nathan (16′ 2T)

 

SuperFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.