Cruzeiro enfrenta Patrocinense no Mineirão pela semifinal do Troféu Inconfidência

Sem ambições, time celeste entra em campo às 14h30 deste sábado

Fora da briga pelo título do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro enfrenta o Patrocinense neste sábado, às 14h30, no Mineirão, em jogo único da semifinal do Troféu Inconfidência, torneio que reúne clubes que ficaram do quinto ao oitavo lugar na primeira fase do estadual. Em caso de empate no tempo regulamentar, o vencedor será definido em disputa por pênaltis. No outro duelo, Uberlândia e Boa medem forças às 19h de domingo, no Parque do Sabiá, em Uberlândia. Os classificados farão a decisão na quarta-feira, às 19h, em estádio a ser definido pela Federação Mineira de Futebol.

Para os clubes do interior, o Troféu Inconfidência é tratado com importância, pois pode garantir classificação à Copa do Brasil de 2021, caso Minas Gerais tenha a quinta vaga, e dará direito a participar da Recopa Mineira diante do campeão do interior (Caldense ou Tombense). O Cruzeiro, porém, não tem qualquer ambição na competição e se mostra focado na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, a partir de 8 de agosto, contra o Botafogo-SP, no Mineirão.

“É uma competição que não nos traz qualquer tipo de vontade em termos de conquista. Eu, particularmente, acho que temos uma competição daqui a dez dias, que é a Série B, que é o nosso objetivo. Vamos pensar o que vamos fazer ainda”, afirmou o técnico Enderson Moreira, depois da vitória por 1 a 0 sobre a Caldense, na quarta-feira. Os times terminaram empatados com 20 pontos, mas a Veterana se classificou às semifinais pela vantagem no saldo: 9 a 6.

Com relação à formação para enfrentar o Patrocinense, a tendência é que a Raposa mande a campo um time misto. “Vamos utilizar o que a gente puder utilizar, vamos estudar um pouco o que pode ser interessante, mas tudo como preparação para aquilo que é muito importante, que é a partir do dia 8, nossa estreia na Série B. Falo de antemão que nosso objetivo é muito claro, é uma boa preparação para a estreia do dia 8”, declarou Enderson.

O confronto com o Patrocinense será interessante para o treinador dar ritmo a algumas atletas, como o lateral-esquerdo Giovanni, recém-contratado ao Bahia, e o zagueiro Leo, que precisou ser afastado durante alguns dias por ter testado positivo para a COVID-19. O zagueiro Ramon e o meia Claudinho também estão cotados para iniciar a partida, assim como o volante Filipe Machado, que pode ser improvisado na lateral direita.

O atacante Marcelo Moreno, substituído aos 40 minutos do primeiro tempo diante da Caldense, queixou-se de uma lombalgia aguda, condição que limita certos tipos de movimento. Em razão do incômodo, ele deverá ficar fora do duelo deste sábado, dando lugar ao jovem Thiago, de 19 anos, que marcou três gols em sete jogos nesta temporada e se destaca pelo bom cabeceio e força física.

Caso o Cruzeiro se recusasse a participar do Troféu Inconfidência, a FMF trataria como abandono, sujeitando o clube a levar duras sanções desportivas. “Em caso de desistência, abandono ou exclusão de competição profissional, o clube ficará automaticamente rebaixado para a divisão imediatamente inferior, além de estar sujeito, nas duas últimas hipóteses, a uma multa de até R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) e suspensão de 02 (dois) anos de todas as competições chanceladas pela DCO, sem prejuízo das penas eventualmente impostas pela Justiça Desportiva”, diz o art. 67 do Regulamento Geral das Competições 2020.

Henrique

O Cruzeiro terá em breve o reforço do volante Henrique, que participou de treino tático com o grupo nessa sexta-feira, na Toca da Raposa II. Antes de trabalhar com bola, o jogador aprimorava a parte física, pois ficou fora de combate por três semanas devido a um acidente automobilístico sofrido no dia 26 de junho, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O carro que ele dirigia caiu de uma altura de 200 metros em um penhasco do Mirante do Jatobá, no Parque Estadual do Rola Moça. Apesar da gravidade do episódio, Henrique sofreu apenas escoriações e recebeu alta hospitalar em três dias.

CRUZEIRO X PATROCINENSE

CRUZEIRO

Fábio; Filipe Machado, Ramon, Leo e Giovanni; Jean e Jadsom; Claudinho, Maurício e Stênio; Thiago

Técnico: Enderson Moreira

 

PATROCINENSE

Thiago Passos; Emerson, Fernando Teixeira, Nilo e Pedro Rosa; Magalhães, Wisley, Thiago Lima e Danielzinho; Victor Rafael e Rafael Gladiador

Técnico: Milagres

Motivo: semifinal do Troféu Inconfidência

Estádio: Mineirão

Data: sábado, 1º de agosto de 2020

Horário: 14h30

Árbitro: André Luiz Skettino Policarpo Bento

Assistentes: Fernanda Nadrea Gomes Antunes e Marcyano da Silva Vicente

 

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.