Atlético recebe Patrocinense em jogo decisivo por classificação no Mineiro

Times duelam a partir das 21h30 desta quarta-feira, no Mineirão

Foram mais de quase quatro meses sem compromissos oficiais para o Atlético. No último domingo, o jogo que marcou a volta aos gramados terminou em empate por 1 a 1 com o América. Nesta quarta-feira, a segunda partida pós-paralisação já tem ares de “decisão” na disputa por uma vaga no mata-mata do Campeonato Mineiro. A partir das 21h30, os comandados do técnico Jorge Sampaoli recebem o Patrocinense, no Mineirão, pela 11ª e última rodada da fase classificatória.

O Atlético ocupa a quarta posição, com 19 pontos – apenas dois a mais que o quinto colocado Cruzeiro, primeira equipe fora da zona de classificação para as semifinais. No mesmo dia e horário, o time celeste enfrenta a Caldense no Estádio Municipal Doutor Ronaldo Junqueira, o “Ronaldão”.

Para o Atlético, a conta é simples: para garantir classificação às semifinais sem depender do resultado do arquirrival, é preciso vencer. Em caso de empate ou derrota, o time alvinegro precisa que o Cruzeiro não supere a Caldense no interior de Minas Gerais.

“Eu e meus companheiros sempre falamos que todos os jogos são importantes. No jogo passado, empatamos. Agora, temos que ganhar. Este torneio, como todos os outros, é importante para os torcedores. Então, vamos fazer o melhor para conseguir a vaga”, frisou o atacante venezuelano Jefferson Savarino, um dos destaques alvinegros no empate com o América.

Incógnita

A escalação do Atlético para o jogo é uma incógnita. Afinal, os treinos da equipe na Cidade do Galo são fechados para a imprensa – cenário que se tornou ainda mais evidente durante a pandemia do novo coronavírus e as restrições ao acesso de jornalistas ao local, como medida de segurança.

No entanto, ainda que as regras no CT fossem menos rígidas, as surpresas na formação alvinegra não estariam descartadas. Ao longo da carreira, Jorge Sampaoli deu mostras de que não costuma repetir escalações com frequência. A expectativa é que haja mudanças para esta quarta-feira.

O técnico argentino poderá contar com o lateral-esquerdo Guilherme Arana, que cumpriu suspensão contra o América. Outra possível novidade é o atacante Keno. Regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o atacante de 30 anos poderá estrear com a camisa alvinegra.

O Patrocinense ocupa a sétima colocação do Campeonato Mineiro, com 12 pontos, e já não corre mais riscos de ser rebaixado, mas também não tem chances matemáticas de chegar à semifinal. A meta é tentar uma das quatro vagas no Troféu Inconfidência, que contará com as equipes que terminarem a fase classificatória entre a quinta e a oitava posições. URT (oitavo) e Boa Esporte (nono), ambos com um ponto a menos, ameaçam o time de Patrocínio.

Para encarar o Atlético, o Patrocinense terá de vencer, também, a falta de entrosamento. Afinal, a diretoria promoveu grande reformulação no elenco para a volta do futebol. Dos 22 jogadores do elenco, apenas seis estavam no grupo até março. A equipe também teve troca no comando técnico para a sequência do Mineiro, com a chegada do ex-goleiro Milagres, ídolo do América. No retorno do Estadual, derrota por 1 a 0 para o Boa Esporte, em casa.

ATLÉTICO X PATROCINENSE

Atlético

Rafael; Guga, Junior Alonso, Réver e Guilherme Arana (Fábio Santos); Allan, Nathan e Hyoran; Savarino, Marquinhos (Keno) e Marrony

Técnico: Jorge Sampaoli

Patrocinense

Renan Rocha; Chiquinho Alagoano, Wesley, Yuri Ferraz e Carlinhos; Henrique, Nonoca e Raphael Luz; Johnnattan, Marcos Paulo e Dieguinho

Técnico: Milagres

 

Motivo: 11ª rodada do Campeonato Mineiro

Data e horário: quarta-feira, 29 de julho de 2020, às 21h30min

Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Árbitro: Paulo César Zanovelli da Silva (CBF)

Assistentes: Pablo Almeida Costa (FMF) e Magno Arantes Lira (CBF)

 

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.