Recuperado de lesão, Leandro Silva acirra briga por posição, no América

Lateral-direito, de 31 anos, se lesionou no clássico contra o Cruzeiro, no Mineirão

Entre as boas atuações, Leandro Silva, do América, precisou conviver no início do ano com lesão e longo tempo de recuperação, no departamento médico. O lateral-direito não joga desde o dia nove de fevereiro, quando deixou o campo com um estiramento na coxa direita, ainda no primeiro do tempo, da partida contra o Cruzeiro, pela 5ª rodada do Campeonato Mineiro. Na ocasião, Diego Ferreira entrou no intervalo do jogo, que terminou empatado em 1 a 1.

Além do clássico contra a Raposa, sob o comando de Lisca, Leandro Silva havia atuado no duelo de estreia do treinador. Empate por 1 a 1 e classificação na primeira fase da Copa do Brasil, sobre o Santos-AP, em Macapá. O lateral, que já enfrentou equipes treinadas pelo Lisca, anteriormente, acredita que os dois jogos foram suficientes para mostrar o seu futebol.

“Já joguei contra ele (Lisca) e ele me conhece. Infelizmente, por causa dessa lesão no começo do ano, só joguei dois jogos com ele. Mas deu para observar muito bem minha característica de jogo, então espero dar continuidade. Lógico que estamos treinando para buscar posição. Uma posição que tem uma concorrência muito grande, porém muito sadia entre mim e o Diego. Quem estiver melhor, vai jogar”, comentou Leandro.

Por falar em concorrência, Leandro Silva ainda destacou a presença dos outros dois jovens da posição e revelou que passa tranquilidade para as pratas da casa. “São dois garotos que estão subindo para o profissional, mas com bastante experiencia. O Thalys já vinha treinando com a gente e o Ronaldo, também. Infelizmente ele (Ronaldo) teve uma lesão séria no joelho, mas são dois jogadores que têm plenas condições de jogar no time. Lógico que são mais novos e tem que ter paciência, como eu que sou mais experiente ali na posição, tive muita paciência no começo da minha carreira e eu passo isso daí para eles”, concluiu.,

Treino

Nessa segunda-feira (22), os jogadores do América se reapresentaram o no CT Lanna Drumond, para a quinta semana de trabalhos após a quarentena. Mais uma vez, todo o elenco trabalhou no mesmo grupo e iniciaram as atividades com exercício físico. Logo depois, Lisca comandou um treino tático, em campo reduzido, com foco na construção de jogadas ofensivas.

SuperFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.