FMF vai propor ao governo concluir Mineiro em 3 semanas a partir da segunda quinzena de julho

Ideia será apresentada na reunião com a Secretaria de Estado de Saúde na próxima quarta-feira (17)

A Federação Mineira de Futebol (FMF) elaborou um projeto de volta do futebol no estado e vai apresentá-lo na reunião com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) na próxima quarta-feira (17). De acordo com a proposta, o Campeonato Mineiro será concluído em três semanas. Se possível, a entidade planeja que a competição seja reiniciada na segunda quinzena de julho.

As informações foram passadas pelo presidente da FMF, Adriano Aro, em entrevista à Rádio Itatiaia. “A nossa ideia é apresentar para a Secretaria de Saúde uma proposta para a retomada e finalização do Campeonato Mineiro. Claro, tudo será feito sempre observando as orientações dos órgãos de saúde. Queremos apresentar para o Estado uma alternativa, que parte de uma premissa básica: ter o ambiente controlado evitando risco para todos os envolvidos”, disse.

“A ideia é apresentar o projeto que prevê a conclusão do campeonato em apenas três semanas. Mas deixo claro que isso não é para os próximos dias. Desejamos, se possível, ter partidas oficiais na segunda quinzena de julho ou tão logo seja possível. Tudo vai depender da avaliação dos órgãos de saúde e de segurança do nosso estado e dos municípios envolvidos”, completou.

A reunião entre a FMF e a SES-MG estava marcada para a quarta-feira passada (10), mas teve que ser adiada para a próxima quarta (17) porque o secretário da Saúde, Carlos Eduardo Amaral, precisou fazer uma viagem.

O encontro contará com as presenças dos médicos de América, Atlético e Cruzeiro.

O governo já se posicionou favorável ao retorno do futebol em Minas somente após a passagem do pico da pandemia do novo coronavírus. De acordo com a última previsão dos órgãos de saúde, o número de casos da doença no estado atingirá o ápice na metade de julho.

Itatiaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.