Depois de oficializar Marrony, Atlético avança em negociação por Keno

Negociações pelo jogador de 30 anos estão avançadas

O mercado da bola do Atlético segue agitado. Após oficializar a contratação de Marrony, o clube alvinegro avançou na negociação pelo atacante Keno, que pertence ao Pyramids, do Egito, e está emprestado ao Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos.

No último sábado (13), o empresário Edson Ribeiro Neto afirmou ao Superesportes que Keno recebeu sondagens de outros clubes, mas se animou com o interesse do Atlético graças ao bom relacionamento com o diretor de futebol Alexandre Mattos. A ideia é conseguir uma transferência em definitivo.

Keno, de 30 anos, está emprestado pelo Pyramids ao Al Jazira, que tem opção de compra dos direitos econômicos até 30 de junho. O vínculo dele com o clube egípcio terminará em junho de 2021. Sua contratação foi efetivada em junho de 2018, por 10 milhões de dólares  – R$ 37 milhões na cotação da época.

No Pyramids, Keno marcou dez gols em 33 partidas na temporada 2018/2019. O time ficou em terceiro lugar na Primeira Liga do Egito, com 70 pontos – dois a menos que o segundo colocado, Zamalek, e a 12 do campeão, Al-Ahly. No Al Jazira, foram 18 jogos – contando campeonato nacional, Copa do Presidente e Copa Emiradense – e três gols anotados.

No Brasil, Keno se destacou no cenário nacional pelo Santa Cruz, em 2016, quando marcou dez gols em 34 jogos no Campeonato Brasileiro. O bom futebol despertou a atenção do Palmeiras, que tinha Alexandre Mattos como diretor. À época, os direitos econômicos do jogador pertenciam ao São José-RS, que vendeu 60% por R$ 3 milhões.

No Verdão, Keno marcou 19 gols em 84 partidas até ser vendido ao Pyramids. No Brasileiro de 2017, destacou-se ao balançar a rede oito vezes em 31 presenças. O estilo de jogo de velocidade e movimentação do atacante se encaixam nas preferências do técnico argentino Jorge Sampaoli.

Na ‘era’ Sampaoli, o Galo acertou as contratações do volante Léo Sena, ex-Goiás,  do meio-campista equatoriano Alan Franco, do Independiente del Valle, e do atacante Marrony, do Vasco.

O zagueiro Bueno, do Kashima Antlers, do Japão, está com acerto encaminhado, assim como o defensor paraguaio Junior Alonso, que pertence ao Lille, da França.

Em todos os investimentos vultosos, o Atlético conta com aportes de seus dois principais patrocinadores: o Banco BMG, do ex-presidente Ricardo Guimarães, e a MRV Construtora, do conselheiro Rubens Menin.

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.