Entrar no G4 ou se distanciar dos rivais: clássico é fundamental para pretensões do Atlético no Mineiro

Se perder, Galo pode encerrar rodada até cinco pontos atrás do G4

clássico deste sábado, contra o Cruzeiro, às 19h, no Mineirão, é fundamental para a sequência do Atlético no Campeonato Mineiro. O alvinegro pode encerrar a rodada na vice-liderança ou até mesmo na 7ª posição, com cinco pontos atrás do primeiro time no G4 da competição. A rodada é crucial para que o Galo não fique com a ‘corda no pescoço’ na briga por uma vaga na semifinal do Estadual.

A conta é simples para o Atlético. O time precisa vencer o Cruzeiro. Com um triunfo no clássico, o Galo entraria no G4, independentemente de outros resultados. Caso o alvinegro consiga o resultado positivo e os rivais Caldense e Tombense não vençam seus compromissos, o time, que será comandado pelo auxiliar James Freitas, chegaria à vice-liderança.
Em caso de empate, o Atlético ficaria, no máximo, na 5ª posição (sua colocação atual). Porém, se a URT vencer o Uberlândia, fora de casa, no domingo, o Galo descerá para o sexto lugar.
Já uma derrota no clássico pode complicar o cenário do Atlético no Estadual. Caso o Cruzeiro vença o duelo de sábado, o Galo pode terminar a rodada na sétima posição e com cinco pontos a menos que o arquirrival celeste e outras duas equipes: Caldense e Tombense.
Para o experiente goleiro Victor, a situação dos arquirrivais mineiros na tabela – um terminará a oitava rodada do Estadual fora do G4 -, tornará o clássico mais atraente.
Ele ganha um ingrediente a mais de importância. A gente sabe o quanto o clássico é importante para a sequência da temporada. Vencer um clássico num momento de crise pode representar uma virada de confiança. Vamos trabalhar para resgatar nossa confiança com a força do torcedor, o carinho da torcida. É o que a gente precisa para apagar esse início de ano que a gente teve”, disse.
Depois do clássico, o Atlético terá mais três compromissos pelo Estadual: Villa Nova, em Nova Lima; América, no Independência (como visitante) e Patrocinense, em casa.
Veja abaixo os cenários para o fim da oitava rodada no Galo:

Para terminar a rodada na vice-liderança

– Precisa vencer o clássico

– Precisa torcer pelo empate da Caldense e derrota do Tombense. Caso o Tombense empate, o Atlético precisará vencer o clássico por dois gols de diferença

Para terminar a rodada na terceira posição

– Precisa vencer o clássico

– Precisa torcer pelo empate da Caldense ou pela derrota do Tombense. Apenas um dos resultados, combinado com a vitória no Mineirão, leva o Galo à terceira posição. Caso o Tombense empate, o Atlético precisará vencer o clássico por dois gols de diferença

Para terminar a rodada na quarta posição

– Precisa vencer o clássico

– Caldense e Tombense vencerem seus jogos

Para terminar a rodada na quinta posição

– Empatar o clássico e torcer para a URT não vencer o seu jogo;

Ou 

– Perder o clássico, desde que a URT não vença e o Patrocinense não triunfe por seis gols de diferença

Para terminar a rodada na sétima posição

– Tem que perder o clássico

– URT precisa vencer, e Patrocinense precisa vencer por seis gols de diferença

8ª rodada do Estadual

Sábado
16h – Tupynambás x Patrocinense

19h – Atlético x Cruzeiro

Domingo
10h – Uberlândia x URT
10h30 – Caldense x Coimbra
16h – América x Boa
16h – Villa Nova x Tombense
Da redação:superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.