Mascote do Atlético tem atitude machista em apresentação de jogadoras, e é criticado: ‘Dá uma voltinha’

O mascote do Atlético protagonizou uma cena lamentável antes da partida contra a Caldense, nesse domingo (16), pelo Campeonato Mineiro. Ao apresentar a zagueira Vitória Calhau, do time feminino, o Galo Doido fez a atleta dar uma “voltinha” para olhá-la e ainda esfregou as mãos, em uma atitude machista. Nas redes sociais, torcedores condenaram a atitude do mascote. O Atlético afastou o funcionário e lamentou o ocorrido.

A cena aconteceu antes da partida realizada no Mineirão. O jogador Diego Tardelli e as atletas do time feminino estavam sendo apresentadas para o público. No momento em que o mascote chegou perto da zagueira alvinegra Vitória Calhau, ele cometeu o ato. As outras jogadoras e Tardelli aparecem rindo, porém eles estavam perceptivelmente incomodados com o momento constrangedor.

A namorada da jogadora, Lorraynne Macedo, lamentou a situação vivida pela companheira. “A reação dele esfregando as mãos e passando a mão na boca me dá nojo, já me incomodaria sendo uma pessoa que não conheço, mas me incomoda mais ainda sendo minha namorada. São atletas profissionais, estão ali pela profissão, serem reconhecidas como jogadoras, e não por corpo ou beleza!”.

O apresentador André Rizek, do SporTV, mostrou a cena após o jogo e definiu o momento como “uma vergonha”. “O mascote adotou algo que é tudo o que uma jogadora não quer. É o ‘dar uma voltinha’, o ‘vem cá’. Sério, que cena, que vergonha alheia. Que vergonha. Tudo o que uma mulher não quer hoje tem nessa cena”, começou o jornalista.

“A mulher quer ser reconhecida por ser uma boa jogadora e não por ser bonita ou ter uma curva assim ou assado. O Galo já tinha colocado as jogadoras como gandulas, o que foi infeliz. Foi uma péssima decisão. Falta de noção total”, finalizou o apresentador.

Por meio de nota, o Atlético repudiou o ocorrido e disse que afastou o funcionário. “Pedimos desculpas à atleta, às demais jogadoras e a todas as torcedoras e torcedores pelo lamentável ato”.

Repercussão

Nas redes sociais, o comentário do jornalista foi endossado por torcedores do Atlético e de outros times. “Não interessa o babaca que tem ali dentro da roupa. Uma vez Galo Doido, o cara se institucionaliza. Não relativizem, não diminuam. Ele está ali pra ser uma figura do clube e foi completamente desrespeitoso”, reforçou a jornalista Isabelly Morais.

Fonte: BHAZ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.