Em dia de ‘estreia’ no Mineirão e ‘apresentação’ de Tardelli, Atlético enfrenta a Caldense para se manter líder do Mineiro

Vitória sobre a Veterana no Gigante da Pampulha deixa a equipe alvinegra na primeira colocação do Estadual, sem depender de outros resultados na rodada

O domingo tem tudo para ser de festa para o torcedor atleticano que vai ao Mineirão. O Atlético fará sua estreia no estádio nesta temporada e, para completar, apresentará um reforço muito aguardado no clube. O ídolo Diego Tardelli dará uma volta no Gigante da Pampulha, no intervalo do duelo contra a Caldense, às 16h, pela 6ª rodada do Campeonato Mineiro.

A equipe de Rafael Dudamel estava na primeira colocação na tabela até o início da 6ª rodada, nesse sábado. Com a vitória por 4 a 0 do Tombense sobre a URT, a equipe de tombos assumiu a ponta. Um empate serve para retomar a liderança, mas uma vitória garante o posto sem que o Atlético tenha que torcer por tropeços dos rivais Cruzeiro e América.

O embate com a Caldense marcará o início da definição do time titular do Atlético na temporada. De acordo com Rafael Dudamel, até aqui, a comissão técnica estava tentando dar ritmo e melhor condição física a todos, mas, de agora em diante, jogará quem estiver em melhores condições. A intenção é elevar o nível tático coletivo para a sequência do ano.

Sem desfalques de última hora, o treinador venezuelano poderá montar o esquema melhor se encaixe ao compromisso. A equipe já será preparada para a decisão de quinta-feira, contra o Unión, pela volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Na ida, o Atlético foi goleado por 3 a 0 e precisa reverter o péssimo resultado para avançar.

“Muitos dos que vão jogar domingo vão jogar na quinta-feira. Vamos colocar o que estão melhor. Passamos uma etapa de alternância para elevar o nível de todos. Agora, para cada partida, vamos recorrer ao que temos de melhor, pensando em um plano tático, no rival e os que ainda não estão prontos vão ter que se esforçar nos treinos”, adiantou Dudamel.

Na tabela, a Caldense é um rival direto neste ponto da competição. A equipe de Poços de Caldas está na 5ª posição, com 10 pontos, apenas um atrás do Atlético (2º, com 11). Para Dudamel, antes de se pensar que o rival pode vir para se defender – como fazem a maioria dos adversários do interior do estado -, é preciso almejar a melhora de rendimento próprio.

“Sabemos que vamos enfrentar permanentemente essa proposta tática dos rivais. Temos que seguir apostando em um jogo coletivo que possa nos fazer ser melhor. Estamos longe do que espero coletivamente da equipe e dos jogadores, por suas qualidades. Independente do que proponha o rival, temos que seguir almejando melhorar e elevar nosso jogo coletivo. Não pode ser um obstáculo (a estratégia do adversário) para jogarmos muito melhor”, apontou.

Caldense

O técnico Marcus Grippi tem problemas para escalar a Veterana para o duelo. O atacante Luan Costa e o zagueiro Jonathan Costa cumprem suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. Além deles, o zagueiro Victor Françoso e o lateral-esquerdo Verrone, que fazem tratamento no joelho, e o volante Lucas Silva, cortado após sentir dores na coxa estão fora da partida.

ATLÉTICO X CALDENSE

Atlético
Michael; Mailton, Réver, Gabriel e Fábio Santos; Zé Welison, Jair e Allan (Nathan); Hyoran, Marquinhos e Di Santo
Técnico: Rafael Dudamel

Caldense
Alyson; Filipi Sousa, Guilherme Martins, Lucas Mufalo e Rafael Rosa; Franklin, Daniel e Nathan; Arthur, João Victor e Lucas Silva
Técnico: Marcus Grippi

Motivo: 6ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: 16 de fevereiro de 2020 (domingo), às 16h
Árbitro: Ronei Cândido Alves
Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Frederico Soares Vilarinho

 

Fonte: Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.