Rápido, voluntarioso e promissor: conheça Savarino, novo reforço do Atlético

Atleta de 23 anos foi pedido do técnico Dudamel

Jefferson Savarino chegou a Belo Horizonte na noite de quinta-feira. Ele passou por exames médicos e será reforço do Atlético para esta temporada. O jogador venezuelano, de 23 anos, é o primeiro atleta contratado a pedido do técnico Rafael Dudamel.

Pouco conhecido no Brasil, Savarino construiu sua trajetória na Venezuela e nos Estados Unidos. Ele foi revelado pelo Zulia-VEN, clube pelo qual atuou em 120 jogos, com 28 gols.

O bom desempenho chamou a atenção do Real Salt Lake-EUA. Com a camisa do time norte-americano, o jogador somou 22 gols e 21 assistências em 82 partidas realizadas. A equipe dos EUA divulgou, nessa sexta-feira, a transferência do atacante para o Atlético. 

Em campo, Savarino tem preferência por atuar pelo lado direito do campo, já que é destro. Também pode jogar na esquerda, puxando para o meio. É um velocista que gosta do confronto individual.

O jornalista Miguel Ricardo Peña, analista tático do site “La Pizarra del DT”, comentou os pontos positivos do meia-atacante. “Savarino é um jogador de lado de campo. Encara a marcação e no 1 contra 1 consegue se destacar. Também é muito rápido e tem um bom chute de média distância. Em campo, faz associações com laterais e atacantes. É ofensivo, mas dependendo do esquema retrocede para marcar”, destacou.

Savarino tem 1m69 e, por isso, tem dificuldade em participar da jogadas aéreas defensiva e ofensiva. “É baixo, ponto fraco são as bolas altas”, afirmou Peña. Antes de acertar com o Atlético, Savarino recusou uma proposta de renovação do Salt Lake.

O estafe do jogador entendia que era preciso dar um passo adiante na carreira. Para Ricardo Peña, Savarino está preparado para atuar no futebol brasileiro.”Está pronto para o Brasileirão, porque conseguiu romper no futebol norte-americano e estava querendo ir para uma equipe de maior exigência da MLS ou da América do Sul”, frisou.

Passagem pelos EUA

Na primeira temporada, Savarino participou de 22 jogos e marcou seis gols. O Salt Lake ficou em oitavo na Conferência Oeste e não classificou para os playoffs. Em 2018, ele atuou em 35 jogos e balançou as redes sete vezes. O clube do venezuelano chegou à semifinal de conferência, mas acabou eliminado pelo Sporting Kansas City.

A temporada de 2019 foi a melhor de Savarino. Ele esteve em 31 confrontos e marcou 9 gols. O Salt Lake teve a terceira melhor campanha no Oeste, com 53 pontos em 34 jogos. O time de Utah caiu na semifinal da conferência ao perder para o Seattle Sounders, que acabou sendo campeão da MLS.

Seleção Venezuelana

Savarino participou da Copa América do ano passado no Brasil. Convocado por Dudamel, ele não foi titular absoluto da Seleção Venezuelana. Dos quatro jogos da ‘Vinho Tinto’, participou de dois confrontos da fase de grupos: vitória sobre a Bolívia (3 a 1), no Mineirão, e empate com o Peru (0 a 0), em Porto Alegre.

“Sua participação na Seleção não é tão habitual, mas foi convocado por Dudamel nas últimas convocatórias. Esteve na Copa América e foi titular em dois jogos. Era o camisa 10, mas ficou no banco em algumas partidas”, afirmou Peña. “É um jogador ainda jovem que pode crescer no Brasil”, acrescentou.

Ficha
Jefferson David Savarino Quintero
Nascimento: 11/11/1996
Naturalidade: Maracaibo, Venezuela
Posição: Meia-atacante
Pé preferencial: direito
Altura: 1m69
Clubes: Zulia e Real Salt Lake

Fonte: Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.