Patrocinador do Cruzeiro faz contato para tentar repatriar atacante Marcelo Moreno

Jogador boliviano defende o Shijiazhuang Ever Bright, da China

Marcelo Moreno pode ser o camisa 9 do Cruzeiro na temporada 2020. Ao menos esse é o desejo do ex-vice-presidente de futebol Pedro Lourenço, dono do Supermercados BH, patrocinador máster do clube. O Superesportes apurou que o empresário mantém contato com o jogador de 32 anos e está disposto a ajudar em sua contratação.

Moreno defende o Shijiazhuang Ever Bright, da China. De acordo com informações colhidas pela reportagem, ele está receoso com a epidemia de coronavírus que causou centenas de mortes no país asiático. Por isso, mostrou-se propenso a tentar a liberação de seu clube, ainda que por empréstimo.

A operação para contratar Marcelo Moreno não seria fácil, principalmente pelas cifras vultosas de seu contrato – R$ 1,7 milhão por mês. Como não pretende gastar além de suas possibilidades em 2020, o Cruzeiro teria de contar com o auxílio do Supermercados BH para bancar os salários do boliviano, além de participação dos chineses.

Moreno trabalhou com o técnico Adilson Batista em 2008. No primeiro semestre daquele ano, disputou 19 jogos e marcou 15 gols, sendo vendido em maio ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, por 9 milhões de euros (R$ 23,5 milhões). O Cruzeiro ficou com 40% do valor da negociação – por volta de R$ 9,4 milhões.

Em 2014, Marcelo Moreno voltou a jogar pelo Cruzeiro, dessa vez emprestado pelo Grêmio, que havia adquirido 70% de seus direitos ao Shakhtar, por 6 milhões de euros, em dezembro de 2011. Na segunda passagem pela Toca da Raposa II, o boliviano registrou bons números – 24 gols em 57 partidas – e conquistou o Campeonato Mineiro e o Campeonato Brasileiro.

Por mais de três anos, Marcelo Moreno foi o maior artilheiro estrangeiro da história do Cruzeiro, com 45 gols em 93 jogos. Somente em 2018 é que foi superado pelo uruguaio Arrascaeta – 50 gols em 188 partidas.

Desde 2015, Marcelo atua no futebol chinês. Ele vestiu as camisas de Changchun Yatai (22 gols em 53 jogos), Wuhan Zall (25 gols em 34 jogos) e Shijiazhuang Evert Bright (oito gols em 13 jogos). Em 2019, seu clube conseguiu subir da segunda para a primeira divisão – vice-campeão, com 56 pontos em 30 jogos.

Gols de Marcelo Moreno na carreira

Vitória – 18

Cruzeiro – 45

Shakhtar Donetsk – 11

Werder Bremen – 3

Grêmio – 25

Flamengo – 4

Changchun Yatai – 22

Wuhan Zall – 25

Shijiazhuang Evert Bright – 8

Seleção da Bolívia – 18

Fonte: Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.