Atlético busca reviravolta que só dois times conseguiram na história da Sul-Americana

Após derrota por 3 a 0 para o Unión-ARG, equipe precisa de goleada no Horto

Em toda a história da Copa Sul-Americana, apenas dois times conseguiram o feito que o Atlético busca contra o Unión-ARG: Libertad-PAR e Huracán-ARG. Após perder a partida de ida da primeira fase por 3 a 0, nessa quinta-feira, o time alvinegro precisa de uma goleada por pelo menos quatro gols de vantagem no Independência para avançar.

Triunfo alvinegro por 3 a 0 no Horto leva a decisão para a disputa de pênaltis. Qualquer outro resultado é vantajoso para o Unión-ARG, que jogou muito melhor e aproveitou as chances que teve no Estádio 15 de Abril, em Santa Fé, na Argentina. A partida de volta será em 20 de fevereiro, uma quinta-feira, às 21h30.
Entre 2002 – ano em que a Copa Sul-Americana começou a ser disputada – e 2019, houve 38 confrontos cujos primeiros jogos terminaram com vitória de um dos times por três gols de diferença. Em 36 deles, ou 94,7% das vezes, a equipe que largou na frente conseguiu manter a vantagem e se classificar à fase seguinte.
A primeira vez que a improvável reviravolta se concretizou foi na fase inicial da edição 2003 da Sul-Americana. Naquele ano, o Nacional-URU fez 3 a 0 no Libertad-PAR no jogo de ida, em Montevidéu. Na partida de volta, os paraguaios devolveram o placar, em Assunção. Nos pênaltis, venceram por 3 a 2 e avançaram.
O feito se repetiu 14 anos anos depois, novamente na primeira fase da Copa Sul-Americana. Em 2017, o Deportivo Anzoátegui-VEN abriu o confronto com um 3 a 0 sobre Huracán-ARG, na Venezuela. Em casa, os argentinos reverteram o placar, aplicaram um 4 a 0 e avançaram.

Reviravoltas maiores?

As remontadas protagonizadas por Libertad-PAR e Huracán-ARG são as maiores da história da competição. Em 24 oportunidades um time venceu por quatro ou mais gols de diferença a partida de ida de um confronto da Sul-Americana. Todas as vezes a equipe que largou na frente avançou.

Esperança

O técnico do Atlético, Rafael Dudamel, lamentou a dura derrota na Argentina e cobrou mais competitividade dos jogadores. Apesar do revés por três gols de diferença, o venezuelano não desistiu.
“Nós devemos seguir fortalecendo nossa equipe com mais caráter, esse caráter que as equipes ganhadoras têm. Mas eu sei onde estou parado, sei quanto trabalho tenho à frente. Tenho os elementos para seguir armando uma equipe para ganhar. O jogo de volta não vai ser fácil, mas não vamos nos dar por vencidos”, disse.
Além do Atlético, três times perderam a partida de ida da primeira fase por três gols de diferença nesta edição de Sul-Americana: Arágua-VEN (3 a 0 fora de casa diante do Coquimbo Unido-CHI), Blooming-PER (3 a 0 para o Emelec-EQU em casa) e justamente o Huracán-ARG (3 a 0 contra o Atlético Nacional-COL como visitante).

Veja a seguir todos os confrontos da história da Copa Sul-Americana cujas partidas de ida terminaram com vitórias de um time por três ou mais gols de diferença:

2002
 
Primeira fase
Monagas-VEN 0 x 3 San Lorenzo
San Lorenzo 5 x 1 Monagas-VEN
Quartas de final
Bolívar 4 x 1 Gimnasia y Esgrima
Gimnasia y Esgrima 2 x 0 Bolívar
 
Final
Atlético Nacional 0 x 4 San Lorenzo
San Lorenzo 0 x 0 Atlético Nacional
2003
 
Primeira fase
Independiente 1 x 4 River Plate
River Plate 4 x 0 Independiente
Cienciano 4 x 0 Universidad Católica
Universidad Católica 3 x 1 Cienciano
Nacional 3 x 0 Libertad
Libertad 3 (3) x (2) 0 Nacional
 
Quartas de final
The Strongest 1 x 4 São Paulo
São Paulo 3 x 1 The Strongest
2004
 
Primeira fase
LDU 4 x 0 Cienciano
Cienciano 2 x 2 LDU
2005
 
Primeira fase
Universidad Católica 5 x 0 Alianza Atlético
Alianza Atlético 2 x 0 Universidad Católica
Trujillanos 1 x 5 Atlético Nacional
Atlético Nacional 2 x 0 Trujillanos
2006
 
Primeira fase
Mineros 3 x 0 Carabobo
Carabobo 1 x 3 Mineros
Oitavas de final
San Lorenzo 3 x 0 Santos
Santos 1 x 0 San Lorenzo
LD Alajuelense 0 x 4 Colo Colo
Colo Colo 7 x 2 LD Alajuelense
Quartas de final
Colo Colo 4 x 1 Gimnasia La Plata
Gimnasia La Plata 0 x 2 Colo Colo
Lanús 0 x 3 Pachuca
Pachuca 2 x 2 Lanús
2007
 
Oitavas de final
Defensor 3 x 0 El Nacional
El Nacional 2 x 0 Defensor
Pachuca 1 x 4 América-MEX
América-MEX 2 x 0 Pachuca
2008
 
Primeira fase
Universidad Católica 4 x 0 Olimpia
Olimpia 2 x 2 Universidad Católica
Arsenal 4 x 0 Motagua
Motagua 1 x 2 Arsenal
 
Oitavas de final
Boca Juniors 4 x 0 LDU
LDU 1 x 1 Boca Juniors
2009
 
Primeira fase
Blooming 0 x 3 River Plate*
River Plate 2 x 1 Blooming
*Jogo foi suspenso aos 15 minutos do segundo tempo com vitória parcial de 1 a 0 para o River Plate. Por conta de incidentes, Conmebol puniu Blooming.
 
Oitavas de final
LDU 4 x 0 Lanús
Lanús 1 x 1 LDU
River Plate-URU 4 x 1 Vitória
Vitória 1 x 1 River Plate-URU
San Lorenzo 3 x 0 Cienciano
Cienciano 0 x 2 San Lorenzo
Final
LDU 5 x 1 Fluminense
Fluminense 3 x 0 LDU
2010
 
Primeira fase
Atlético Huila 4 x 1 Trujillanos
Trujillanos 1 x 1 Atlético Huila
 
Segunda fase
Defensor 9 x 0 Sport Huancayo
Sport Huancayo 2 x 0 Defensor
Oitavas de final
Newell’s Old Boys 6 x 0 San José
San José 2 x 0 Newell’s Old Boys
2011
Segunda fase
LDU 4 x 1 Trujillanos
Trujillanos 0 x 1 LDU
 
Oitavas de final
Flamengo 0 x 4 Universidad de Chile
Universidad de Chile 1 x 0 Flamengo
2012
 
Primeira fase
Liverpool 3 x 0 Universitario Sucre
Universitario Sucre 1 x 2 Liverpool
2013
Primeira fase
Itagui Ditaires 3 x 0 Juan Aurich
Juan Aurich 2 x 3 Itagui Ditaires
Deportivo Pasto 3 x 0 Melgar
Melgar 2 x 0 Deportivo Pasto
Segunda fase
Universidad Católica 4 x 0 Emelec
Emelec 2 x 3 Universidad Católica
 
Oitavas de final
Lanús 4 x 0 Universidad de Chile
Universidad de Chile 1 x 0 Lanús
2014
 
Primeira fase
Barcelona 3 x 0 Alianza Lima
Alianza Lima 0 x 0 Barcelona
2015
 
Primeira fase
Juventud 4 x 1 Real Potosí
Real Potosí 2 x 0 Juventud
Oriente Petrolero 0 x 3 Nacional
Nacional 0 x 0 Oriente Petrolero
Defensor 3 x 0 Bolívar
Bolívar 2 x 0 Defensor
Junior 5 x 0 Melgar
Melgar 4 x 0 Junior
Segunda fase
Defensor 3 x 0 Universitario
Universitario 0 x 1 Defensor
Tigre 2 x 5 Huracán
Huracán 1 x 0 Tigre
2016
Primeira fase
Universitario 0 x 3 Emelec
Emelec 3 x 1 Universitario
Deportivo Municipal 0 x 5 Atlético Nacional
Atlético Nacional 1 x 0 Deportivo Municipal
Segunda fase
Cerro Porteño 6 x 0 Real Potosí
Real Potosí 0 x 1 Cerro Porteño
Independiente Medellín 3 x 0 Sportivo Luqueño
Sportivo Luqueño 2 x 0 Independiente Medellín
 
2017
 
Primeira fase
Deportivo Anzoátegui 3 x 0 Huracán
Huracán 4 x 0 Deportivo Anzoátegui
Sport 3 x 0 Danubio
Danubio 3 (2) x (4) 0 Sport
Segunda fase
Palestino 2 x 5 Flamengo
Flamengo 5 x 0 Palestino
Fluminense 4 x 0 Universidad Católica
Universidad Católica 1 x 2 Fluminense
Huracán 1 x 5 Libertad
Libertad 2 x 0 Huracán
Quartas de final
Nacional-PAR 1 x 4 Independiente
Independiente 2 x 0 Nacional-PAR
2018
 
Primeira fase
Deportivo Cali 3 x 0 Danubio
Danubio 3 x 2 Deportivo Cali
Athletico-PR 3 x 0 Newell’s Old Boys
Newell’s Old Boys 2 x 1 Athletico-PR
Fluminense 3 x 0 Nacional de Potosí
Nacional de Potosí 2 x 0 Fluminense
Segunda fase
Deportivo Cali 4 x 0 Bolívar
Bolívar 1 x 2 Deportivo Cali
 
2019
 
Primeira fase
Deportivo Municipal 0 x 3 Colón
Colón 2 x 0 Deportivo Municipal
Independiente 4 x 1 Binacional
Binacional 1 x 2 Independiente
Segunda fase
Universidad Católica 6 x 0 Melgar
Melgar 0 x 0 Universidad Católica
Unión Española 0 x 3 Sporting Cristal
Sporting Cristal 3 x 0 Unión Española
Independiente Del Valle 5 x 0 Universidad Católica-EQU
Universidad Católica-EQU 3 x 2 Independiente
Fluminense 4 x 1 Atlético Nacional
Atlético Nacional 1 x 0 Fluminense
Da redação:superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.