Savarino, Soteldo, Tardelli? Presidente do Atlético promete três reforços ‘muito bons’ para o ataque

Sérgio Sette Câmara disse que preparou clube para grandes investimentos

Além de confirmar a venda do goleiro Cleiton ao RB Bragantino, o presidente do AtléticoSérgio Sette Câmara, prometeu anunciar nos próximos dias três contratações de bom nível para o ataque. O clube tem negociações com os venezuelanos Jefferson Savarino, de 23 anos, do Real Salt Lake (EUA), e Soteldo Martínez, de 22 anos, destaque do Santos. Outro nome cogitado é o de Diego Tardelli, de 34 anos, ídolo da torcida.

Sette Câmara não quis falar de nomes, mas garantiu que o técnico Rafael Dudamel receberá peças de qualidade para o decorrer da temporada.

”Eu não vou falar sobre negociação, não adianta querer me arrancar, porque se tem uma coisa que eu não falo, é falar de negociação. O segredo do negócio é exatamente permanecer calado até que ele aconteça. Você começa a especular demais, você acaba tendo um problema porque você faz leilão ou outras pessoas criam uma expectativa. Aí o jogador não vem, a torcida fica frustrada. Eu preciso dizer o seguinte: nós estamos montando o nosso time de trás pra frente, mais ou menos assim. Mas eu posso garantir que nós vamos trazer ainda de dois ou três jogadores muito bons para fazer parte do nosso ataque. A torcida pode esperar nos próximos dias”, disse o presidente atleticano à Rádio Itatiaia, antes do jogo contra o Tombense, neste domingo, no

Independência, pelo Campeonato Mineiro.
Câmara explicou que o Atlético se preparou nos dois primeiros anos de sua gestão para equilibrar as finanças. Agora, já com o cenário mais favorável, chegou a hora de fazer alguns investimentos mais ousados.
“Nós fizemos muita economia nesses dois anos, ninguém aqui está fazendo loucura e nem vamos fazer aquilo que aconteceu lá do outro lado, né? (referindo-se ao rival Cruzeiro). Nós trabalhamos firme, eu apanhei muito nesses últimos dois anos, porque tivemos que consertar a parte financeira do Atlético. Nós começamos a entrar numa situação melhor agora, e é isso que a gente está dando condição para a gente começar a fazer boas contratações”, argumentou.
“Só no ano passado nós fizemos alguma coisa em torno de R$ 105 milhões em vendas. Esse ano já fizemos a negociação do Cleiton, que é uma grande negociação pra nós (5 milhões de euros por 70% dos direitos). O Chará (vendido ao Portland Timbers, dos EUA) entra nesse valor de R$ 105 milhões, do ano passado. O Atlético tem uma dívida importante que estamos colocando em dia. Mas hoje posso dizer que o Atlético tem uma situação financeira equilibrada. Os salários dos funcionários, em primeiro lugar, estão em dia. Salários dos jogadores estão em dia. Com a venda do Cleiton, agora, nós podemos fazer alguma gracinha, contratar algum jogador importante. A torcida vai ter que esperar”, acrescentou o presidente.

Soteldo

A investida mais ousada do Atlético é em cima de Soteldo Martínez, venezuelano de 22 anos, destaque do Santos. Ele havia sido indicado por Jorge Sampaoli, técnico argentino que negociou com o Galo, e foi novamente referendado pelo atual comandante, Rafael Dudamel. A proposta atleticana por 100% dos direitos é de R$ 51 milhões (US$ 12 milhões).
Como o Superesportes informou na sexta-feira, o Atlético contaria com a ajuda de dois patrocinadores para fazer esse investimento na compra de Soteldo: o Banco BMG e a MRV Engenharia.

O Santos precisa pagar US$ 6 milhões (R$ 25,7 milhões) ao Huachipato para manter o atacante na Vila Belmiro. Em caso de oferta de outro clube por Soteldo, há uma cláusula no acordo entre as partes que obriga o Peixe a investir esse valor para comprar a parte dos direitos que pertence ao clube chileno.

Em janeiro de 2019, o Santos acertou a compra de 50% dos direitos de Soteldo ao Huachipato. O clube chileno permaneceu com a outra metade e não recebeu os US$ 3 milhões (R$ 12,8 milhões) pelo percentual adquirido há um ano. Com a oferta de outra equipe pelo jogador, o Peixe se vê pressionado a comprar a parcela restante pelo atacante.

Soteldo vestiu a camisa do Santos em 51 partidas e marcou 12 gols. Este ano, ele ainda não atuou com o treinador português do Peixe, Jesualdo Ferreira. O atacante é velho conhecido do técnico do Atlético, Rafael Dudamel, que era o comandante da Seleção Venezuela antes de assumir o Galo e sempre convocava o velocista para a ‘Vinho Tinto’.

Savarino

Um dos reforços prometidos por Sette Câmara é o atacante venezuelano Jefferson Savarino, indicado por Dudamel. O diretor de futebol Rui Costa já havia revelado, na sexta-feira, que o negócio só não foi concretizado por causa das burocracias de transferências da Major League Soccer (MLS), liga de futebol dos EUA.
De acordo com o site The Athletic, dos Estados Unidos, o Atlético fez uma proposta de 2 milhões de dólares (R$ 8,4 milhões na cotação atual) por 60% dos direitos de Savarino. O restante dos direitos econômicos ficará com o Real Salt Lake, que lucraria com uma venda futura.
Revelado pelo Zulia, da Venezuela, Savarino foi comprado por 2 milhões de dólares pelo Real Salt Lake em 2017. Com a camisa do clube norte-americano, o jogador soma 22 gols e 21 assistências em 82 partidas realizadas.
Savarino fazia parte da Seleção Venezuelana de Rafael Dudamel, técnico do Atlético. O jogador atuou 12 vezes sob comando do treinador alvinegro e marcou um gol. Ele integrou o elenco de La Vinotinto na Copa América, do Brasil, ano passado.

Diego Tardelli

Ídolo da torcida do Atlético, Diego Tardelli, de 34 anos, está sem clube desde o começo de janeiro, quando rescindiu o seu contrato com o Grêmio. Sua volta ao Galo foi praticamente descartada em função de um vídeo divulgado por um torcedor no qual Sette Câmara se referiu à idade do jogador de forma pejorativa.
Em 28 de janeiro, ao ser questionado em um avião, o dirigente descartou interesse no retorno do atacante ao Galo e justificou pela idade do jogador.
“Tardelli? Fazer asilo aqui agora? Jogador de 36 anos”, disparou o mandatário, citando de forma errada a idade de Tardelli – ele tem 34 anos.
O atacante chegou a dar uma resposta a Sette Câmara por meio das redes sociais. Apesar disso, as partes se reaproximaram nos últimos dias, principalmente pela forte pressão exercida pela torcida para o ídolo voltar.
A passagem de Diego Tardelli pelo Grêmio foi discreta. Ele marcou sete gols em 47 jogos, sendo 27 como titular. O vínculo dele com o clube gaúcho era válido até o fim de 2021, mas foi rescindido amigavelmente este mês.
Diego Tardelli teve duas passagens pelo Atlético: de 2009 a 2011 e de 2013 a 2015.  No Galo, o atacante foi campeão da Copa Libertadores (2013), da Recopa Sul-Americana (2014), da Copa do Brasil (2014), e duas vezes do Campeonato Mineiro (2010 e 2013). Ele marcou 110 gols em 219 partidas pelo Alvinegro.
Da redação:superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.