Reforçado e otimista, América enfrenta Caldense em estreia no Campeonato Mineiro

Coelho recebe Veterana nesta quarta-feira, às 20h30, no Independência

Com sete titulares remanescentes, reforços pontuais e o mesmo treinador da última temporada, o América aposta todas suas fichas no entrosamento conquistado na última Série B do Brasileiro para tentar se dar bem no Campeonato Mineiro. Na estreia diante da Caldense nesta quarta, às 20h30, no Independência, os torcedores poderão ter uma noção do estilo de jogo que o técnico Felipe Conceição tentará implantar no Coelho, que promete brigar pelo título com Cruzeiro e Atlético.

Dos novos contratados, a expectativa fica pela estreia do zagueiro Eduardo Bauermann (ex-Paraná), do armador Alê (ex-Cuiabá) e dos atacantes Felipe Augusto (ex-Operário) e Rodolfo (ex-Cuiabá), que se destacaram justamente na Segunda Divisão da última temporada. Sem recursos para fazer grandes investimentos, a diretoria alviverde optou por reforços com potencial de crescimento para qualificar o grupo nas posições carentes.

Um dos destaques do América em 2019, o volante Zé Ricardo acredita que a manutenção de vários atletas torna a equipe mais forte na atual temporada: “Este ano, o grupo foi melhor formado. Demos sequência ao trabalho do ano passado. Passamos por momentos delicados, brigando contra o rebaixamento e depois lutando pelo acesso. Tivemos um aprendizado bem legal. Aprendemos com os erros, o que pode servir agora”.

O técnico Felipe Conceição avalia os reforços e entende que eles darão nova dinâmica à equipe titular: “Os novos reforços modificam um pouco o processo, porque trazem características novas à equipe. Eles foram bem observados e vão trazer coisas diferentes ao time, mas sem perder a identidade que a equipe adquiriu há seis meses. Nossa característica é muito intensa e esses atletas trazem velocidade. A equipe torna-se mais vertical do que no ano passado”

O treinador foi o grande responsável pela ascensão alviverde na última Série B do Brasileiro. De virtual rebaixado, o Coelho quase obteve o acesso à elite, terminando na quinta posição. Por causa do bom trabalho à frente dos mineiros, Conceição recebeu sondagens do Athletico, do Atlético-GO e do Bragantino – todos da Série A –, mas optou por permanecer em Belo Horizonte e dar continuidade à missão de levar o América à Primeira Divisão.

Ele se considera realizado com o projeto iniciado em 2019 e está ciente de que feitos importantes podem vir nesta temporada: “Estou feliz e tenho contrato até dezembro de 2020. Estou otimista com nosso ano. Fizemos uma ótima preparação. Estamos esperançosos de continuar esse processo de evolução da equipe e do clube. O torcedor pode ter certeza de que o América dará orgulho e mostrará entrega coletiva em busca das vitórias”.

Jovem Veterana

A Caldense disputará o Mineiro com uma equipe jovem, com vários atletas oriundos de parcerias com clubes do interior de São Paulo. Um dos mais experientes é o atacante Luciano Mandi, de 33 anos, que estava no Boston City, de Manhuaçu. A meta da equipe é pelo menos repetir o desempenho de 2019, em que terminou na sexta posição, depois de cair nas quartas de final para o próprio América.

AMÉRICA X CALDENSE

América: Airton; Leandro Silva, Lucas Kal, Eduardo Bauerman e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Alê; Felipe Augusto, Matheusinho e Rodolfo. Técnico: Felipe Conceição

Caldense: Alyson; Filipi Sousa, Victor Françoso, Morais e Rafael Rosa; Daniel, Franklin, Lucas Silva e Nathan; João Victor e Luciano Mandi. Técnico: Marcus Paulo Grippi

1ª rodada do Campeonato Mineiro

Estádio: Independência

Horário: 20h30

Árbitro: Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira

Assistentes: Magno Arantes Lira e Augusto Magno De Ramos

TV: Pay per view

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.