Fred já recebeu mais de R$ 714 mil por cada gol marcado pelo Cruzeiro

Clube já pagou R$ 17,8 milhões ao atacante, que fez 25 gols em dois anos, e ainda deve mais de R$ 17 milhões

Celebrado como um ato de esperteza da antiga gestão do Cruzeiro, o anúncio do atacante Fred nas vésperas do Natal de 2017, poucas horas após o jogador ter se desligado do rival Atlético, ficará marcado como uma contratação milionária que não deu certo.

Ao longo das duas temporadas de Fred no Cruzeiro, o clube viu o camisa 9 se lesionar gravemente, marcar poucos gols, amargar o banco de reservas e ser um dos protagonistas do inédito rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. O único alento foi levantar dois títulos estaduais nessa passagem.

Não bastasse a frustração pelo fraco desempenho do atleta, a diretoria agora luta para rescindir o contrato com o jogador, que vai até o fim deste ano. Na próxima segunda-feira, membros do Núcleo Dirigente Transitório da Raposa irão se reunir com Francis Melo, empresário de Fred, para definir a situação.

Com vencimentos de R$ 924,5 mil (sendo R$ 124,5 mil relativos a direito de imagem), o atacante está há quatro meses sem receber (entre salários, férias e 13º), valores equivalentes a R$ 3,466 milhões. Essas cifras se somam aos R$ 14,562 milhões que o clube ainda terá que pagar ao jogador até o fim do contrato.

Além disso, o Cruzeiro não pagou nenhuma parcela da comissão garantida ao empresário do atleta. O clube se comprometeu a pagar R$ 2,59 milhões como comissão pelo negócio, em 20 parcelas de R$ 129,5 mil, segundo fontes ligadas ao clube.

A dívida total com Fred e seu estafe é de R$ 17,152 milhões. Sem contar a multa de R$ 10 milhões pela transferência do Atlético para o Cruzeiro, pendência que está na Justiça e que o clube celeste também se comprometeu a pagar, caso haja a derrota definitiva nos tribunais.

No clube desde janeiro de 2018, Fred já recebeu do Cruzeiro R$ 17,866 milhões (entre salários, 13º e férias). O clube não depositou nenhum direito de imagem ao atleta desde a sua chegada. Com 25 gols em 69 partidas, cada tento teria custado aos cofres do clube, até o momento, R$ 714.666.

Fonte: O Tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.