Dudamel oficializa saída da Seleção Venezuelana e será anunciado pelo Atlético

Treinador formalizou desligamento da Vinotinto por meio de carta

O técnico Rafael Dudamel, de 46 anos, formalizou nesta sexta-feira o desligamento da Seleção Venezuelana por meio de uma carta divulgada nas redes sociais. Em breve, o ex-goleiro será anunciado como novo técnico do Atlético.

“Hoje, tomei a decisão de dar um passo ao lado, de renuciar a Vinotinto, em seu melhor momento da história, e às vésperas do início de um novo ciclo de Eliminatórias. Considero que é o melhor para a seleção nacional. Minha relação com os diretores foi se deteriorando aceleradamente nos últimos tempos e nas condições atuais era muito complicado continuar”, escreveu.

Ao longo da carta – divulgada pelo próprio treinador e pela Seleção Venezuelana -, Dudamel explicou que os atritos com a cúpula diretiva da Federação Venezuelana de Futebol (FVF) pesaram para a saída.

O ex-goleiro não escreveu sobre o futuro. Ele, porém, é esperado nos próximos dias em Belo Horizonte para iniciar a pré-temporada à frente do Atlético.

Leia a carta a seguir:

Venezuela! Desde o dia em que assumi o cargo como selecionador nacional, em 1º de abril de 2016, trabalhei para recolocar nossa equipe nacional no patamar que merecia e que havia alcançado em anos anteriores.
Hoje, tomei a decisão de dar um passo ao lado, de renunciar à Vinotinto, em seu melhor momento da história, e às vésperas do início de um novo ciclo de Eliminatórias. Considero que é o melhor para a seleção nacional. Minha relação com a direção foi se deteriorando aceleradamente nos últimos tempos e nnas condições atuais era muito complicado continuar.
Por essa razão e já com uma equipe blindada, deixo o cargo de selecionador nacional para que um novo treinador tenha as condições de trabalho que não foram oferecidas a mim, indispensável para alcançar o tão almejado sonho.
Agradeço à minha linda família pelo apoio incondicional, por ter sabido conviver com as exigências de ser um líder de todo um país, aproveitando dos triunfos e me apoiando ante cada adversidade.
Ao meu corpo técnico, por todo seu apoio e lealdade incondicional, construímos uma família da qual é difícil se separar, não há remorsos, obrigado por terem acreditado em mim, algum dia o futebol voltará a nos reunir.
Menção especial aos meus jogadores, porque todas estas conquistas alcançadas são de vocês, desde as gerações juvenis até os mais velhos. Construimos uma equipe sólida que tem um norte seguro e do qual estou muito orgulhoso. Vocês têm o talento para alcançar o objetivo de ir para a Copa do Mundo e serei o primeiro a torcer por vocês à distância, o país os acompanhará, simplesmente obrigado por tanta qualidade humana, profissionalismo e compromisso.
A você senhor presidente da Federação Venezuelana de Futebol licenciado Laureano Gonzáles, meu agradecimento por seu apoio e confiança. Presidente, em suas mãos está o futuro do futebol venezuelano, o país saberá cobrá-lo ou agradecê-lo.
Obrigado Venezuela por me apoiar nesta fascinante tarefa, minha carreira continua, como em toda a minha vida, tentando deixar no mais alto o nome do nosso amado país

Rafael Edgar Dudamel Ocha

Fonte: Portal Uai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.