Exemplos para o Cruzeiro: relembre seis times que escaparam da zona de rebaixamento na última rodada

No Campeonato Brasileiro por pontos corridos, equipe celeste pode ser a sétima a deixar zona da degola na última rodada da competição

O Cruzeiro precisa de um ‘milagre’ para escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Na última rodada, marcada para domingo, às 16h, a equipe celeste precisa vencer o Palmeiras, no Mineirão, e torcer pela derrota do Ceará, que visita o Botafogo, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.
Exemplos de superação que possam inspirar a equipe celeste não faltam. Em seis oportunidades desde a criação dos pontos corridos, em 2003, uma equipe escapou da zona de rebaixamento na última rodada e evitou a queda para a Série B: Grêmio (2003), Goiás (2007), Botafogo (2009), Fluminense (2013), Figueirense (2015) e Sport (2017).

Relembre abaixo como essas equipes escaparam do rebaixamento

2003 – Grêmio

O Grêmio, comandado por Adilson Batista, atual técnico do Cruzeiro, chegou à última rodada na 23ª posição (campeonato com 24 clubes). O tricolor tinha 47 pontos, mesmo número da Ponte Preta. Ainda estavam na briga contra a queda três times: Paysandu (48), Fluminense (49) e Fortaleza (49).
Dos clubes que brigavam com o tricolor, Ponte Preta e Fluminense venceram e escaparam do rebaixamento. O Paysandu empatou e também ficou fora de perigo. Para se salvar, o Grêmio venceu o Corinthians em casa por 3 a 0 e contou com a derrota do Fortaleza, no confronto direto com a Ponte, fora de casa (2 a 0), e assegurou sua vaga na elite.

2007 – Goiás

O Goiás encerrou a penúltima rodada do Brasileiro de 2007 na 17ª posição, com 42 pontos, um a menos do que o Corinthians. Na última rodada, o esmeraldino venceu o Internacional por 2 a 1, em casa, de virada, e garantiu a permanência. O time goiano contou com tropeço do Corinthians, que empatou com o Grêmio, fora de casa, e acabou rebaixado.

2009 – Botafogo

O Botafogo entrou em campo na última rodada na 17ª posição, com 44 pontos, mesmo número do Coritiba, que era o 16º. O time carioca venceu o Palmeiras em casa, por 2 a 1, e escapou. O Coxa acabou rebaixado por causa do empate com o Fluminense, em casa. Se tivesse vencido, o time paranaense rebaixaria o Flu para a Série B.

2013 – Fluminense

O Fluminense entrou em campo na última rodada do Campeonato Brasileiro na 18ª posição, com 43 pontos. Com a vitória por 2 a 1, fora de casa, contra o Bahia, a equipe não escaparia da queda. Mas a Portuguesa acabou punida por causa da escalação irregular do meia Heverton, no empate em casa contra o Grêmio, na última rodada. A equipe paulista perdeu quatro pontos e acabou rebaixada. Se não houvesse punição para a Lusa e para o Flamengo, que também perdeu pontos por causa de escalação irregular, o time tricolor seria rebaixado.

2015 – Figueirense

Após o fim da penúltima rodada, o Figueirense ocupava a 17ª posição com 40 pontos, um a menos que o rival Avaí. Na rodada derradeira, o Figueira venceu o Fluminense em casa por 1 a 0 e conseguiu escapar. O Avaí apenas empatou com o campeão Corinthians, por 1 a 1, fora de casa, e foi rebaixado.

2017 – Sport

O Sport chegou à 38ª rodada na 17ª posição, com 42 pontos, um a menos que Coritiba e Vitória, que estavam fora da zona de rebaixamento. Na última partida, o time pernambucano venceu o Corinthians em casa, por 1 a 0, e escapou da queda graças às derrotas dos rivais diretos – Coxa perdeu fora de casa para a Chapecoense e foi rebaixado; e Vitória perdeu em casa para o Flamengo, mas se livrou da queda.

Opine: em quais resultados você aposta no domingo?

 Túlio Kaizer /Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.