Gols de jovens da base do América foram fundamentais em reação histórica na Série B

Gols garantiram pontos importantes ao Coelho na briga por uma vaga na Série A 2020

Depois de ocupar a lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro por seis rodadas, o América precisa apenas de uma vitória diante do já rebaixado São Bento, no sábado, às 16h30, no Independência, para voltar à elite do futebol nacional. Gols de jovens formados nas categorias de base foram fundamentais na campanha histórica do clube.
Na 15ª rodada, o Coelho bateu o Londrina por 4 a 3, no Independência. Aos 40 minutos do segundo tempo, o volante Zé Ricardo, de 23 anos, garantiu ao time americano a primeira vitória dentro de casa. Até então, o retrospecto era de quatro derrotas e dois empates (aproveitamento de 11%). Ao longo da competição, o camisa 5 foi muito prestigiado pelo técnico Felipe Conceição: fez 28 jogos, 27 deles como titular, e balançou a rede uma vez.
Logo depois, na 18ª rodada, mais uma vez um jovem da base salvou o alviverde. Com um gol aos 47 minutos do segundo tempo, o volante Flávio, de 19 anos, que fazia sua estreia no time profissional, marcou um belo gol de fora da área para dar a vitória ao América sobre o Guarani por 3 a 2, no Horto. O bom desempenho do jogador na partida rendeu minutos com Conceição: ele disputou mais 12 jogos, quatro deles como titular, e ainda fez mais um gol.
Com dois gols na 22ª rodada, Matheusinho garantiu o triunfo do América diante do Criciúma por 2 a 1. O meia-atacante de 21 anos marcou duas vezes na primeira etapa. O time catarinense até buscou a reação dentro do Independência, mas o time americano soube se defender e segurar a vitória. Vice-artilheiro do clube na Série B, Matheusinho fez 30 jogos na competição, 25 deles compondo a equipe inicial, e marcou mais cinco vezes.
estrela do garoto Flávio voltou a brilhar na 30ª rodada. Aos 30 minutos do segundo tempo, o volante marcou o único gol da partida contra o Oeste, na Arena Barueri. Naquela altura da competição, o Coelho quase entrou no G4 mas, por uma combinação de resultados, ficou na quinta posição.
Contra o Atlético-GO, no estádio Antônio Accioly, o Coelho jogou mal o primeiro tempo e foi para os vestiários com 2 a 0 contra. Na etapa final, com um gol de Matheusinho no apagar das luzes, o time mineiro buscou a reação e levou um ponto do empate em 2 a 2 para casa.
Matheusinho ainda marcou um gol importante, na vitória por 2 a 0 contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, pela 35ª rodada. O meia-atacante abriu o placar da partida aos 35 minutos do primeiro tempo. Na volta do intervalo, o Dourado passou a pressionar o Coelho, e o gol que garantiu o triunfo saiu dos pés do volante Juninho apenas aos 45 minutos.
Na última rodada, diante do Guarani, no Brinco de Ouro, mais um jovem da base salvou o América. Desta vez, o centroavante Vitão, de 19 anos, marcou aos 34 minutos do segundo tempo e deu a vitória ao time mineiro: 1 a 0. A partida em Campinas foi apenas a terceira do atacante como profissional, que também havia marcado pela primeira vez na carreira.
Com o triunfo no interior paulista, a equipe americana passou a depender apenas de si para buscar a vaga na elite. Isso porque o Atlético-GO, rival direto pelo acesso, havia empatado em 2 a 2 com o Brasil de Pelotas no Sul. O América é o quarto colocado da Série B, com 61 pontos, mesma pontuação do Dragão, no quinto posto, e com duas vitórias a menos que o Coelho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.