Mineirão teve déficit de seguranças em Cruzeiro x Atlético, que terminou em confusão

Segurança privada teve ausência de aproximadamente 130 pessoas

Vídeos e fotos de Renan Damasceno, Tiago Mattar, Alexandre Guzanshe, Ramon Lisboa e Gladyston Rodrigues
A equipe de segurança do Mineirão teve déficit na tarde deste domingo, durante o clássico entre Cruzeiro e Atlético. A partida da 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, que terminou empatada por 0 a 0, foi sucedida por uma confusão generalizada entre torcedores dentro do estádio.

Segundo a Minas Arena, que administra o Mineirão, 580 homens da empresa privada Esquadra estavam escalados. Aproximadamente 130, porém, não foram ao trabalho por diversos motivos, entre eles o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), aplicado durante a tarde deste domingo.

A responsabilidade da segurança interna do Mineirão é da empresa privada. O Batalhão de Choque da Polícia Militar só intervém em caso de confronto, como ocorreu após o jogo.

Cruzeirenses e atleticanos se enfrentaram em confusão que envolveu invasão de setor, quebra de cadeiras, bombas de efeito moral e gás de pimenta.

Da redação:superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.