Defesa vai mal, e Atlético perde para o líder Flamengo no Maracanã

Rubro-negro venceu por 3 a 1 e abriu vantagem maior na liderança

Em uma noite de muitos erros defensivos, o Atlético foi derrotado pelo líder Flamengo, no Maracanã. O rubro-negro bateu o Galo por 3 a 1, em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Willian ArãoVitinho Reinier marcaram pelos donos da casa. Nathan, em bela jogada, fez o gol de honra do time mineiro.

O time rubro-negro fez três gols e poderia ter marcado mais. A defesa do Atlético, mesmo com três zagueiros, errou muito. Em muitas oportunidades, os flamenguistas apareceram livres na área alvinegra em condições de finalizar.

Os gols surgiram em falhas defensivas da equipe de Rodrigo Santana: no primeiro, Willian Arão subiu livre, entre Ricardo Oliveira e Iago Maidana; no segundo, Vitinho passou fácil por Patric e chutou antes da chegada de Maidana; no terceiro, Patric e Maidana bateram cabeça e a bola sobrou para Reinier dar números finais ao jogo.

Com a vitória, o Flamengo abriu oito pontos de vantagem para Santos e Palmeiras. O rubro-negro lidera o Brasileiro com folgas. Já o Galo segue em 11º, com 31 pontos.
Os dois times voltam a campo no próximo domingo. O Atlético recebe o Grêmio, às 19h, no Independência. O Flamengo visita o Athletico-PR, na Arena da Baixada, às 16h.
O jogo
O técnico Rodrigo Santana teve que fazer várias mudanças no Atlético para o jogo contra o Flamengo. Por causa de convocações e suspensões, Wilson, Patric, Cazares e Vinícius ganharam vaga na equipe. No ataque, mais uma novidade. Desgastado, Franco Di Santo deu lugar a Ricardo Oliveira.
O treinador do Atlético utilizou a mesma estratégia do empate com o Palmeiras. Mas, ao contrário do duelo do último domingo, o Galo não conseguiu jogar. No primeiro tempo, o alvinegro assistiu ao domínio do Flamengo no Maracanã. Com dificuldades para sair jogando, o time apostou nos chutões para afastar a bola da área.
O Flamengo marcou a saída de bola do Atlético e impôs muitas dificuldades ao Galo. Com a posse (terminou o primeiro tempo com 71%), tentou infiltrar na área de diversas maneiras, mas não teve sucesso. Então, passou a apostar nos chutes de fora da área. Rhodolfo e Rafinha obrigaram Wilson a fazer grandes defesas.
O Atlético chegou a ter 11 jogadores dentro da área. A reforçada marcação só não adiantou numa jogada aérea. Após escanteio cobrado por Vitinho, Willian Arão subiu livre, entre Ricardo Oliveira e Iago Maidana, e cabeceou sem chances para Wilson: 1 a 0.
Os donos da casa seguiram com o controle da partida. O Galo, numa das raras descidas ao ataque, teve sua única finalização no primeiro tempo. Igor Rabello, de longe, jogou a bola muito longe do gol.
O Galo voltou para o segundo tempo com uma mudança tática: saiu o centroavante Ricardo Oliveira e entrou o jovem velocista Marquinhos. A mudança surtiu efeito rápido. Com muita movimentação no ataque, a bola chegou a Vinícius, que encontrou Nathan com belo passe. O meia infiltrou, deixou os defensores para trás, driblou Diego Alves e fez um golaço no Maracanã: 1 a 1.
O Atlético passou a ter mais posse de bola no ataque. No entanto, o Flamengo seguiu mais perigoso. E com Vitinho, voltou à frente no placar. O atacante driblou Patric facilmente e finalizou colocado, sem chances para Wilson: 2 a 1.
O time da casa seguiu em cima e aproveitou mais um erro defensivo do Atlético para ampliar o marcador. Após cruzamento da direita, Maidana cortou mal. A bola rebatida subiu e quicou por cima de Patric. Na disputa pelo alto, Maidana perdeu para Vitinho, que achou Reinier livre. O meia finalizou sem chances para Wilson e deu números finais ao confronto: 3 a 1.

FLAMENGO 3 X 1 ATLÉTICO

Flamengo
Diego Alves; Rafinha, Rhodolfo, Pablo Marí e Renê; Willian Arão, Gerson, Reinier (Vinícius, aos 45/2°T) e Everton Ribeiro; Vitinho (Lucas Silva, aos 37/2°T) e Bruno Henrique
Técnico: Jorge Jesus
Atlético
Wilson; Patric, Iago Maidana, Leonardo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Vinícius, Elias (Bruninho, aos 21/2°T), Nathan e Cazares (Franco Di Santo, aos 27/2°T); Ricardo Oliveira (Marquinhos, no intervalo)
Técnico: Rodrigo Santana
Gols: Wilian Arão, aos 36/1°T; Nathan, aos 5/2°T; Vitinho, aos 15/2°T; Reinier, aos 30/2°T
Cartões amarelos: Iago Maidana, aos 22/1°T; Fábio Santos, aos 47/2°T
Motivo: 24ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Maracanã, no Rio de Janeiro
Data e horário: quinta-feira, 10 de outubro, às 20h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO)
VAR: Wagner Reway (Fifa-PB)
Da redação:superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.