Boa fase é trunfo do América em desafio contra o líder Bragantino

Em busca de vaga no G4, próximo compromisso do Coelho é contra time que tem nove pontos de vantagem sobre o vice-líder

Na 5° colocação da Série B do Campeonato Brasileiro e empatado em pontos com o CRB — ambos têm 38 —, primeira equipe do G4, o América quer aproveitar o fato de atuar em casa por duas rodadas seguidas. Após vencer, justamente, o time alagoano na quinta-feira, o Coelho recebe, na próxima quarta-feira (8), o líder Bragantino. Neste sábado, o grupo de jogadores deu início aos trabalhos preparatórios para o duelo. O atacante Júnior Viçosa e o zagueiro Lucas Kal acreditam que o alviverde, em excelente fase na temporada, é plenamente capaz de fazer frente à disparidade dos paulistas na tabela.

Confiante, Viçosa atribui o bom momento do Coelho às consistentes atuações do time. “A gente tem tudo para fazer um bom jogo se atuarmos como temos atuado, se impondo. A gente vem jogando melhor do que as outras equipes, até mesmo quando perdemos, contra o Coritiba”, ressaltou.

O Coxa quebrou, na rodada retrasada, a série americana de 12 rodadas sem derrota.

Bragantino é ‘sensação’

O Bragantino tem nove pontos de margem sobre o Atlético-GO, 2° colocado — 54 a 45. O time do técnico Antônio Carlos Zago soma, até aqui, 16 vitórias, quatro empates e quatro reveses.

À primeira vista, a campanha do “Massa Bruta” poderia ser considerada uma surpresa. Afinal de contas, trata-se de um time que, na temporada passada, disputou a Série C.

No entanto, engana-se quem pensa que o desempenho do time de Bragança Paulista no torneio é uma “zebra”. Logo após o fim do Campeonato Paulista, o clube firmou parceria com a Red Bull — dona de clubes espalhados pelo mundo, inclusive em Campinas, no interior paulista.

O investimento feito pela companhia alemã, que também cedeu jogadores ao Bragantino, impulsionou o desempenho da equipe.

Recém-chegado ao América e revelado pelas categorias de base do São Paulo, o defensor Lucas Kal classificou o Bragantino como ‘sensação’ em terras paulistas.

“Não é à toa que é o time de melhor campanha na Série B e uma sensação em São Paulo. Mas, jogando em casa, temos que nos impor e colocar nosso futebol. Se a gente fizer o que tem sido feito nessa sequência, temos tudo para conquistar o resultado positivo”, projetou o zagueiro.

Presença da torcida

Contra o CRB-AL, 2.752 pessoas compareceram ao Horto. Viçosa elogiou a postura dos americanos nos últimos jogos em Belo Horizonte e convocou a torcida para o desafio diante do líder.

Time que tem torcida ajuda muito. E, nesses últimos jogos, eles foram importante nos apoiando e, também, colocando um pouco de pressão no adversário e no juiz da partida. Pedimos que eles compareçam e nos ajudem para que, ao final, a gente possa comemorar junto”.

A diretoria do América tem feito promoções de ingressos para as partidas em casa. Na próxima partida, as primeiras mil mulheres e crianças vão acessar o Independência de forma gratuita. Os bilhetes custam a partir de R$ 10.

Regenerativo

Neste sábado, apenas os atletas reservas foram a campo no CT Lanna Drumond. Os titulares, por sua vez, ficaram na academia, em treinamento regenerativo.

Contratado junto ao Inter de Minas na última semana, o goleiro Léo Lang participou da atividade ao lado dos novos companheiros. Ele esteve presente no coletivo e, antes, recebeu atenção especial do preparador de goleiros Sílvio Jardim.

Da redação:superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.