América ‘estipula meta’ de seis pontos em casa contra rivais diretos na Série B

Coelho terá compromissos no Independência com CRB e Bragantino

Encerrada a série invicta de 12 jogos na Série B, o América já pensa em reagir à derrota por 2 a 1 para o Coritiba, neste sábado, no Couto Pereira, pela 25ª rodada. Para os jogadores, o time fez uma grande atuação em Curitiba e não deve baixar a cabeça. Agora, a meta é somar seis pontos em casa nos jogos contra dois concorrentes diretos ao acesso. Na quinta-feira, 3 de outubro, o Coelho recebe o CRB-AL, às 19h15, no Independência. Depois, no dia 8, às 21h30, encara o líder Bragantino, também em BH.

O meia Felipe Azevedo destacou a importância dos jogos em casa. “Acho que é o momento para emplacarmos duas vitórias dentro de casa e pular para cada vez mais próximo do G4, que é onde a gente queria. Queríamos isso (contra o Coritiba), mas infelizmente não aconteceu. Tiveram os méritos deles também”.
O lateral-esquerdo João Paulo disse que o sentimento no vestiário era de frustração pelo bom jogo que o time fez contra os paranaenses. De fato, o América foi superior em muitos momentos e esteve muito perto de colher ao menos o empate em Curtiiba.
“O grupo está de parabéns, de cabeça erguida. Lutamos até o final. Agora, temos dois em sequência dentro de casa. Queria já convidar o nosso torcedor para nos incentivar, empurrar para que a gente possa voltar a vencer”, disse o lateral-esquerdo João Paulo.
“Dentro de casa temos que somar o maior número de pontos possíveis para que possamos pensar somente no G4 para que a gente venha a adentrar e lá continuar vencendo para não sair mais”, acrescentou o lateral.

Felipe Conceição
O técnico Felipe Conceição também julga fundamental fazer o dever de casa contra CRB e Bragantino. Até o final da Série B, o América não pode mais se dar ao luxo de acumular tropeços diante do começo tão irregular. “Temos pouca margem de erro por causa do nosso início muito ruim. Então, é continuar mantendo a sequência positiva, os resultados positivos, para que a gente alcance e a almeje o nosso sonho, que é o G4”.

Com a derrota, o Coelho perdeu duas posições na tabela, descendo do oitavo para 10º, com 35 pontos. Apesar disso, o América ainda se mantém próximo ao G4.
Redação /Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.